Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/244476
Type: TESE
Title: Efeitos da suplementação com l-glutamina nos níveis séricos de hormônios relacionados ao metabolismo energético em indivíduos com sobrepeso e obesidade
Title Alternative: Effects of suplemmentation with l-glutamine in the serum levels of hormones related to energy metabolism overweight and obesity people
Author: Reis, Sabrina Karen, 1989-
Advisor: Prada, Patrícia de Oliveira, 1971-
Abstract: Resumo: Obesidade está associada à inflamação crônica de baixo grau e ao desenvolvimento da resistência à insulina. A suplementação com L-glutamina tem sido utilizada para reduzir a inflamação em pacientes críticos. No entanto, os efeitos da suplementação deste aminoácido em doenças inflamatórias de baixo grau, como a obesidade, ainda não foram investigados. Por tanto o objetivo do presente estudo foi investigar se a suplementação oral com L-glutamina altera a massa corporal, circunferência da cintura, sensibilidade à insulina e os níveis séricos de hormônios relacionados ao metabolismo energético em indivíduos com sobrepeso e obesidade. Foi realizado um estudo clínico randomizado, simples cego com 67 voluntários adultos do Hospital Estadual de Sumaré (HES), classificados com sobrepeso (IMC 25 a 29,9 kg/m²) ou obesidade (IMC ? 30). Os indivíduos foram suplementados com 30 g/dia de glutamina ou alanina durante 14 dias. Os níveis séricos de insulina, leptina, adiponectina e GLP-1 foram avaliados no período pré e pós-suplementação, pelo método de ELISA. A glicose sérica foi avaliada pelo método da glicose oxidase. O índice de HOMA foi calculado. A massa corporal, o índice de massa corporal (IMC), a circunferência da cintura e o recordatório alimentar de 24 horas, também, foram avaliados pré e pós-suplementação. A suplementação oral com L-glutamina não alterou a massa corpórea e o IMC, no entanto reduziu a circunferência da cintura e os níveis séricos de leptina, sugerindo uma diminuição na massa adiposa. Não houve diferença significativa nos níveis séricos de glicose, adiponectina e GLP-1. Entretanto, houve uma redução nos níveis séricos de insulina e índice de HOMA, sugerindo uma redução na inflamação de baixo grau e uma melhora na sensibilidade à insulina. Os dados obtidos sugerem que a suplementação oral com L-glutamina em um curto período de tempo pode reduzir a massa adiposa de indivíduos com sobrepeso e obesidade. Essa redução refletiu nos níveis séricos de leptina e provavelmente nos níveis séricos de insulina, melhorando a sensibilidade à insulina. Por tanto, a suplementação com L-glutamina pode tornar-se uma abordagem terapêutica interessante para os indivíduos com sobrepeso e obesidade

Abstract: Obesity is associated with low-grade inflammation and insulin resistance. Glutamine supplementation has been used to reduce inflammation in critically ill patients. However, the effects of glutamine supplementation were not yet investigated in diseases with lowgrade inflammation such as obesity. Previous data showed that glutamine supplementation reduced inflammation, adipose mass and improved insulin sensitivity of obese rats. Thus, the aim of this study was to investigate whether oral glutamine supplementation alters body weight (BW), waist circumference (WC) and hormones levels and insulin sensitivity in overweight and obese humans. A randomized clinical trial, single blind with 67 adult volunteers from the State Hospital of Sumaré (HES), classified as being overweight (IMC 25 a 29,9 kg/m²) or obese (IMC ? 30) was performed. The subjects were supplemented with 30 g / day glutamine or alanine for 14 days. Serum levels of insulin, leptin, adiponectin and GLP-1 were evaluated before and after supplementation, by ELISA. Serum glucose was measured by glucose oxidase method. The HOMA index was calculated. The body weight, body mass index (BMI), waist circumference and 24-hour food record were also evaluated before and after supplementation. Glutamine supplementation did not change BW and BMI, however, reduced WC and serum leptin levels, suggesting a decrease in fat mass. Glutamine supplementation l did not alter serum adiponectin, GLP-1 and glucose levels. However, was reduced insulin levels and HOMA index, suggesting a reduction in low-grade inflammation associated with an improvement of insulin sensitivity. The data suggest that oral supplementation with L-glutamine in a short period of time can reduce fat mass in overweight and obese individuals. This reduction reflected in serum leptin levels and probably in serum insulin levels, improving insulin sensitivity. Thus, glutamine supplementation may become an interesting therapeutic approach for individuals with overweight and obesity
Subject: Obesidade
Glutamina
Resistência à insulina
Hormonios (metabolismo)
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Reis_SabrinaKaren_M.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.