Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/24296
Type: Artigo de periódico
Title: Docosahexaenoic acid ethyl esther (DHAEE) microcapsule production by spray-drying: optimization by experimental design
Title Alternative: Obtenção de microcápsulas do éster etílico do ácido docosa-hexaenoico (DHAEE) por atomização: otimização através de planejamento experimental
Author: Rodrigues, Rodney Alexandre Ferreira
Rodrigues, Marili Villa Nova
Oliveira, Thais Isabel Vaccaro
Bueno, Cecilia Zorzi
Oliveira SOUZA, Ilza Maria de
Sartoratto, Adilson
Foglio, Mary Ann
Abstract: Docosahexaenoic acid is an essential polyunsaturated fatty acid with important metabolic activities. Its conjugated double bonds make it susceptible to decomposition. Its stability may be improved through fatty acid entrapment with a spray-drying technique; however, the many parameters involved in this technique must be considered to avoid affecting the final product quality. Therefore, this study aimed to evaluate the entrapment conditions and yields of fish oil enriched with docosahexaenoic acid ethyl ester. Microcapsules were obtained from Acacia gum using a spray-drying technique. The experimental samples were analyzed by chromatography and delineated by Statistica software, which found the following optimum entrapment conditions: an inlet temperature of 188 °C; 30% core material; an N2 flow rate of 55 mm; and a pump flow rate of 12.5 mL/minute. These conditions provided a 66% yield of docosahexaenoic acid ethyl ester in the oil, corresponding to 19.8% of entrapped docosahexaenoic acid ethyl ester (w/w). This result was considered significant since 30% corresponded to wall material.
O ácido docoso-hexaenoico é um ácido graxo poli-insaturado essencial que desempenha importantes ações metabólicas. Entretanto, por possuir duplas ligações conjugadas torna-se suscetível à decomposição. Uma das formas de minimizar esta possível decomposição é o emprego da técnica de atomização para microencapsulação. Porém, esta técnica envolve uma série de parâmetros de processo, que podem vir a alterar a qualidade do produto final. Assim, o objetivo deste trabalho foi microencapsular óleo de peixe enriquecido no éster etílico do ácido docoso-hexaenoico (DHAEE-85%), variando condições operacionais e avaliar o rendimento pela análise por cromatografia gasosa, após extração das microcápsulas. Para tanto, foi utilizado o processo de microencapsulação por atomização e o agente encapsulante foi a goma arábica. A avaliação cromatográfica de vários experimentos delineados pelo software Statistica, mostrou que os pontos ótimos para obtenção das microcápsulas de DHAEE foram: temperatura de entrada 188 °C, porcentagem de recheio 30%, vazão de nitrogênio 55 mm N2 e vazão da bomba de 12,5 mL/minuto. Estas condições de processo foram testadas experimentalmente, resultando no teor de 66% m/m de DHAEE no óleo extraído, valor correspondente a 19,8% m/m de DHAEE encapsulado, valor considerado satisfatório uma vez que 30% das microcápsulas correspondiam teoricamente ao material de parede.
Subject: óleo de peixe encapsulado
cromatografia gasosa
superfície de resposta
condições otimizadas
ômega-3
encapsulated fish oil
gas chromatography
response surface
optimized conditions
omega-3
Editor: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0101-20612011000300007
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612011000300007
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612011000300007
Date Issue: 1-Sep-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0101-20612011000300007.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.