Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/24098
Type: Artigo de periódico
Title: Mechanical properties of castor beans subject to different drying temperatures aiming to disrupt the bean coat
Title Alternative: Propriedades mecânicas dos grãos de mamona submetidos a diferentes temperaturas de secagem a visando a ruptura do tegumento
Author: Bastos, Adriano C.
Ferraz, Antonio C. De O.
Abstract: In castor oil extraction process, the bean coat is abrasive to the equipment and releases substances that modify the oil color, reducing its quality. A potential solution would be to run the extraction by compressing only the endosperm. Due to lack of information, the objective of this study was to evaluate the influence of forced air drying at 40, 60, 80 and 100 ºC and farmyard drying, in the mechanical properties of the beans, aiming to break the bean coat. Castor beans were subjected to compression tests, in two perpendicular directions, at a strain rate of 0.6 mm.s-1. Average values of force, deformation energy, strain, all at rupture, and stiffness were used to evaluate the effects of dehydration. It was observed that the heat treatments did not alter the mechanical properties of castor beans, the strain and stiffness values discriminate the differences between the directions and had the lowest coefficients of variation. It was concluded that forced air drying, more costly than farmyard drying, does not bring benefits to the decortication. However, regardless the heat treatment used, the mechanical stress lengthwise is the most suitable to promote decortication.
No processo de extração do óleo de mamona, o tegumento libera substâncias que modificam a coloração do óleo, reduzindo a qualidade, e causa abrasão nos equipamentos. Potencialmente, uma solução para esse problema seria executar a extração prensando somente o endosperma. Devido à carência de informações, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da secagem com ar forçado a 40; 60; 80 e 100 ºC e secagem em terreiro, nas propriedades mecânicas dos grãos, visando ruptura do tegumento. Grãos de mamona foram submetidos a ensaios de compressão, em duas direções perpendiculares, com taxa de deformação de 0,6 mm.s-1. Valores médios da força, energia de deformação, deformação específica, todos na ruptura, e rigidez foram utilizados para a avaliação dos efeitos da secagem. Observou-se que, nas condições consideradas, os tratamentos térmicos não alteraram as propriedades mecânicas dos grãos de mamona e que os valores de deformação específica e rigidez discriminaram as diferenças entre as direções e apresentaram os menores coeficientes de variação. Concluiu-se que a secagem com ar forçado, mais oneroso que a secagem no terreiro, não traz benefícios à decorticação. No entanto, independentemente do tratamento térmico, a solicitação mecânica do grão na direção longitudinal é a mais indicada para promover a decorticação.
Subject: condicionamento
debulha
decorticação
compressão
conditioning
threshing
decortication
compression
Editor: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0100-69162014000100011
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162014000100011
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69162014000100011
Date Issue: 1-Feb-2014
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0100-69162014000100011.pdf305.7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.