Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/21402
Type: Artigo de periódico
Title: Serological diagnosis of toxoplasmosis: usefulness of IgA detection and IgG avidity determination in a patient with a persistent IgM antibody response to Toxoplasma gondii
Title Alternative: Diagnóstico sorológico da toxoplasmose: utilidade da detecção de anticorpos IgA e da determinação da avidez dos anticorpos IgG em um paciente com uma resposta persistente de anticorpos IgM anti-Toxoplama gondii
Author: BERTOZZI, Luciana C.
SUZUKI, Lisandra A.
ROSSI, Cláudio L.
Abstract: We report the detection of specific IgA antibodies and the determination of IgG avidity in sequential serum samples from a patient exhibiting significant levels of Toxoplasma-specific IgM antibodies for seven years after the onset of the clinical symptoms of toxoplasmosis. IgM antibodies were detected by an indirect immunofluorescence test and by three commercial enzyme-linked immunosorbent assays (ELISA). Anti-T. gondii IgA was quantified by the a-capture ELISA technique using a commercial kit. As defined by the manufacturer of the IgA ELISA test used, most patients with acute toxoplasmosis have antibody levels > 40 arbitrary units per ml (AU/mL). At this cut-off level, the patient still had a positive ELISA result (45 AU/mL) in a serum sample taken one year after the beginning of clinical manifestations. The IgG avidity-ELISA test was performed with the Falcon assay screening test (F.A.S.T.®) - ELISA system. Avidity indices compatible with a recent Toxoplasma infection were found only in serum samples taken during the first 5 months after the onset of the clinical symptoms of toxoplasmosis. These results show that the interpretation of positive IgM results as indicative of recently acquired toxoplasmosis requires additional laboratory confirmation either by other tests or by the demonstration of a significant rise in the antibody titers in sequential serum samples.
No presente trabalho, são descritos os resultados da detecção de anticorpos específicos da classe IgA e da determinação da avidez dos anticorpos IgG em amostras sequenciais de soro de um paciente apresentando níveis significativos de anticorpos IgM anti-Toxoplasma gondii durante sete anos após o início das manifestações clínicas da infecção. Os anticorpos IgM foram detectados pelo teste de imunofluorescência indireta (IFI) e por três técnicas imunoenzimáticas (ELISA) comerciais. Os anticorpos IgA foram quantificados por uma técnica de ELISA de captura, utilizando um kit comercial. De acôrdo com as instruções do fabricante do kit utilizado para a pesquisa de IgA, a maioria dos pacientes com toxoplasmose aguda apresenta níveis de anticorpos > 40 unidades arbitrárias por ml (UA/mL). Utilizando este parâmetro, o paciente, ainda, apresentou um resultado de ELISA positivo (45 UA/mL) em uma amostra de soro coletada um ano após o início das manifestações clínicas. A avidez dos anticorpos IgG foi determinada com uma técnica de ELISA, utilizando o sistema Falcon assay screening test (F.A.S.T.®-ELISA). Índices de avidez compatíveis com uma infecção recente foram encontrados nas amostras de soros obtidas durante os primeiros 5 meses após o início dos sintomas clínicos da toxoplasmose. Os nossos dados mostram que a interpretação de resultados IgM positivos, como indicativos de toxoplasmose aguda, requer confirmação laboratorial com outros testes ou demonstração de um aumento significativo dos títulos de anticorpos em amostras sequenciais de soros.
Subject: Toxoplasmosis
Immunodiagnosis
IgM
IgA
IgG avidity
Editor: Instituto de Medicina Tropical
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0036-46651999000300008
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651999000300008
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0036-46651999000300008
Date Issue: 1-May-1999
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0036-46651999000300008.pdf32.71 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.