Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/19045
Type: Artigo de periódico
Title: Vulnerabilidade de gênero para a paternidade em homens adolescentes
Title Alternative: Gender vulnerability for parenthood among male adolescents
Author: Almeida, Anecy de Fátima Faustino
Hardy, Ellen
Abstract: OBJECTIVE: To analyze gender relations perceived by male adolescents and how they contribute to making them more vulnerable to pregnancy during adolescence. METHODS: Qualitative study carried out in Campo Grande, Midwestern Brazil, in 2003. Subjects were 13 male adolescents under 20 years of age, fathers of an only child aged up to 11 months whose mother was in the same age group as them. Semi-structured interviews were carried out, tape recorded and transcribed. Thematic content analysis was carried out. RESULTS: Gender stereotypes were identified in which the role of leader, provider, and sexually active was stressed and the role of caregiver was rejected. These roles seemed consolidated especially in the subjects' perspective regarding paid employment as a marker of their male condition as well as of a family provider. Adolescents' leadership prevailed in the relationship with the mother of their child especially in taking initiative in sexual intercourse and the use of contraceptives. They considered that pregnancy was unexpected and happened by chance. However, fatherhood was experienced as a definite evidence of their status as adult men. CONCLUSIONS: Male adolescents showed to be vulnerable to fatherhood due to gender socialization following traditional patterns. This was evidenced by the inexistence of roles related to self care and care for others, and early playing roles of male sexual dominance, of father and family provider in order to grow up and become a man.
OBJETIVO: Analisar as relações de gênero vivenciadas por adolescentes do sexo masculino e como elas contribuem para torná-los vulneráveis à gravidez na adolescência. MÉTODOS: Estudo qualitativo realizado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em 2003. Participaram 13 adolescentes masculinos com menos de 20 anos, com um único filho de até 11 meses, cuja mãe estava na mesma faixa etária do pai. Realizaram-se entrevistas semi-estruturadas gravadas. Após transcrição, procedeu-se à análise temática de conteúdo. RESULTADOS: Identificaram-se estereótipos de gênero em que se destacavam papéis de líder, provedor e ativo sexualmente, bem como a rejeição a ser cuidador. Esses papéis apareceram consolidados principalmente na perspectiva dos entrevistados acerca do trabalho como marcador de sua condição de homem e provedor da família. A liderança dos adolescentes prevaleceu no relacionamento com a mãe de seu filho, notadamente na iniciativa das relações sexuais e no uso de contraceptivos. A gravidez foi considerada por eles como por acaso e inesperada, mas a paternidade foi vivenciada como uma prova final de sua condição de homens adultos. CONCLUSÕES: Verificou-se a condição de vulnerabilidade dos adolescentes para a paternidade em virtude da socialização de gênero nos moldes tradicionais. Isso foi evidenciado com a ausência dos papéis relativos ao cuidado consigo próprio e com os outros, com a incorporação precoce de papéis de dominação sexual masculina e de trabalhador e pai, ou seja, deixar de ser criança e alcançar a condição de homem.
Subject: Comportamento do adolescente
Paternidade
Identidade de gênero
Gravidez não planejada
Vulnerabilidade
Pesquisa qualitativa
Adolescent behavior
Paternity
Gender identity
Pregnancy, unplanned
Vulnerability
Qualitative research
Editor: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0034-89102007000400010
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102007000400010
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000400010
Date Issue: 1-Aug-2007
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-89102007000400010.pdf342.23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.