Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/179
Type: Artigo de periódico
Title: Comparação de estimativas para o auto-relato de condições crônicas entre inquérito domiciliar e telefônico - Campinas (SP), Brasil
Title Alternative: Comparison of estimates for the self-reported chronic conditions among household survey and telephone survey - Campinas (SP), Brazil
Author: FRANCISCO, Priscila Maria Stolses Bergamo
AZEVEDO BARROS, Marilisa Berti de
SEGRI, Neuber José
ALVES, Maria Cecília Goi Porto
CESAR, Chester Luiz Galvão
MALTA, Deborah Carvalho
Abstract: OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi comparar as estimativas obtidas por diferentes modalidades de inquérito para condições crônicas auto-referidas em adultos residentes em Campinas (SP) no ano de 2008. MÉTODOS: Foram utilizados os dados do ISACamp, inquérito domiciliar realizado pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, e do VIGITEL - Campinas (SP), inquérito telefônico realizado pelo Ministério da Saúde para Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas na população adulta (18 anos ou mais). Estimativas do auto-relato de hipertensão arterial, diabetes, osteoporose, asma/bronquite/enfisema, foram avaliadas e comparadas por meio do teste t de Student para duas amostras independentes. RESULTADOS: Para as estimativas globais, maior prevalência de hipertensão arterial e osteoporose foram verificadas pelo inquérito telefônico. Diabetes e asma/bronquite/enfisema não apresentaram diferenças estatísticas significantes. Na análise segundo variáveis sócio-demográficas, maior prevalência de hipertensão foi obtida pelo VIGITEL para os homens, entre as pessoas de 18 a 59 anos e nos que referiram 9 ou mais anos de estudo. Maior prevalência de osteoporose entre adultos (18 a 59 anos) foi verificada pelo VIGITEL. Em relação à asma/bronquite/enfisema nos idosos, maior prevalência foi observada pelo ISACamp. CONCLUSÃO: Exceto para hipertensão arterial, os dados obtidos do inquérito telefônico constituíram uma alternativa rápida para disponibilizar estimativas globais da prevalência das condições estudadas na população adulta residente em Campinas (SP).
OBJECTIVE: To compare the estimates obtained by different methods of population-based surveys for self-reported chronic conditions among adults living in Campinas in the year 2008. METHODS: Data from ISACamp Survey, conducted by the Faculty of Medical Sciences from Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) with support from the County Health Department and VIGITEL (Campinas), a telephone survey conducted by the Brazilian Ministry of Health toward Surveillance of Risk and Protective Factors for Chronic non-communicable Diseases in the adult population (18 years and over) were analyzed. Estimates of self-reported hypertension, diabetes, osteoporosis, and asthma/bronchitis/emphysema were evaluated and compared by the independent (two-sample) Student's t-test. Results: For global estimates, a higher prevalence of hypertension and osteoporosis was ascertained by the telephone survey. Diabetes and asthma/bronchitis/emphysema results showed no statistically significant differences. According to sociodemographic variables, a higher prevalence of hypertension was obtained by VIGITEL for men, among people aged 18 to 59 years, and those who reported nine or more years of schooling. A higher prevalence of osteoporosis among adults (18 to 59 years) was verified by VIGITEL. Concerning asthma/bronchitis/emphysema in the elderly, ISACamp survey showed a higher prevalence. CONCLUSION: Except for the hypertension prevalence, the telephone survey has proven to be a rapid alternative to provide global prevalence estimates of health conditions in the adult population of Campinas.
Subject: Prevalência
Comparações de estimativas
Doença crônica
Inquéritos epidemiológicos
Entrevista domiciliar
Entrevista por telefone
Prevalence
Comparison of estimates
Chronic diseases
Health surveys
Brazil
Face-to-face interview
Telephone interview
Country: Brasil
Brasil
Editor: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Citation: Revista Brasileira de Epidemiologia, v.14, suppl.1, p.5-15, 2011
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-790X2011000500002
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2011000500002
http://www.scielo.br/pdf/rbepid/v14s1/a02v14s1.pdf
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Artigos e Materiais de Revistas Científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_SEGRI_Comparacao_de_estimativas_para_o_auto-relato_de_2011.pdfpublished version198.57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.