Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/17567
Type: Artigo de periódico
Title: Subnotificação de acidentes do trabalho não fatais em Botucatu, SP, 2002
Title Alternative: Underreporting of non-fatal work-related injuries in Brazil
Author: Cordeiro, Ricardo
Sakate, Mirian
Clemente, Ana Paula Grotti
Diniz, Cíntia Ségre
Donalisio, Maria Rita
Abstract: OBJECTIVE: The implementation of work-related injury prevention policies has been hindered by underreporting of incidents among formal workers, and substantial underreporting among informal workforce. This study aimed at estimating the underreporting of work-related injury in a median-sized city. METHODS: A random survey was carried out among residences in the urban area of Brazil. Residents were interviewed about the occurrence of work-related injury to people aged more than nine years in the last 90 days. All incidents reported were double checked in the National Social Security Institute (INSS) records. RESULTS: There were 9,626 residences visited. It was estimated 79.5% (CI 95%: 78.8%-80.3%) of underreporting of work-related injury. CONCLUSIONS: Work-related injury reporting is poor in the study location and this may be occurring in other cities. Data suggest the need to build up information systems on Brazilian workers' health. It should incorporate methods, materials and human recourses necessary to recognize, store, analyze, and spread information to support injury prevention policies and promote workers' health programs.
OBJETIVO: A implementação de políticas de prevenção de acidentes do trabalho tem sido dificultada pela subnotificação dos eventos que ocorrem entre trabalhadores formais, bem como pela grande desinformação sobre os trabalhadores da economia informal. O objetivo do estudo foi estimar a subnotificação de acidentes do trabalho em cidade média do interior do Estado de São Paulo. MÉTODOS: Inquérito domiciliar realizado por intermédio de amostra aleatória sistemática de domicílios residenciais da área urbana de Botucatu. Foram realizadas entrevistas aos moradores sobre a ocorrência de acidentes relacionados ao trabalho em maiores de nove anos, nos últimos 90 dias. Para todos os acidentes registrados nas visitas verificou-se no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) se havia a devida notificação. RESULTADOS: Foram visitadas 9.626 residências, onde habitavam 26.751 moradores com idade superior a nove anos, dos quais 13.328 eram trabalhadores ocupados. A subnotificação de acidentes do trabalho foi estimada em 79,5% (IC 95% 78,8%-80,3%). CONCLUSÕES: É precária a notificação dos acidentes de trabalho no local estudado, o que pode estar ocorrendo em outras localidades do País. Os dados sugerem a necessidade de se construir um sistema de informação sobre a saúde dos trabalhadores brasileiros que contemple pessoal, material e métodos capacitados para o reconhecimento, armazenamento, análise e difusão de informações necessárias para apoiar a formulação de políticas públicas de prevenção de acidentes e promoção da saúde dos trabalhadores.
Subject: Acidentes de trabalho
Notificação de acidentes de trabalho
Saúde ocupacional
Sistemas de informação
Trabalho informal
Injury, work-related
Work-related injury reporting
Occupational health
Information systems
Informal work
Editor: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0034-89102005000200017
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000200017
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102005000200017
Date Issue: 1-Apr-2005
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-89102005000200017.pdf49.31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.