Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/17543
Type: Artigo de periódico
Title: Procura de serviço médico por mulheres climatéricas brasileiras
Title Alternative: Climacteric women seeking medical care, Brazil
Author: Pedro, Adriana Orcesi
Pinto-Neto, Aarão Mendes
Costa-Paiva, Lúcia
Osis, Maria José
Hardy, Ellen
Abstract: OBJECTIVE: To study the causes and factors associated with climacteric women seeking medical care. METHODS: A descriptive exploratory cross-sectional population-based study was carried out. Subjects were 456 women aged 45 to 60 years resident in a metropolitan area of Southeastern, Brazil, selected through area cluster sampling. Data were collected through home interviews using a structured, pre-tested questionnaire. Statistical analysis were performed using Chi-square test, Cramer's coefficient and logistic multiple regression. RESULTS: About 80% sought medical care due to menstrual irregularities and climacteric symptoms. The main factors associated with women seeking medical care were hormone replacement therapy, marital status, and stronger psychological symptoms. The main reason for not seeking medical care was women's thought that their complaint did not justify medical attention. CONCLUSIONS: There was a high demand for medical care by climacteric women, but a significant percentage did not seek medical attention because they believed their symptoms were ordinary.
OBJETIVO: Identificar as causas e os fatores relacionados à procura de serviço médico por mulheres climatéricas. MÉTODOS: Realizou-se estudo descritivo e exploratório de corte transversal, de base populacional. Selecionaram-se, por meio de amostragem por conglomerado, 456 mulheres residentes no município de Campinas, SP, na faixa etária entre 45 e 60 anos de idade. Os dados sobre os motivos de procura dos serviços médicos foram coletados por meio de entrevistas domiciliares, com questionário estruturado e pré-testado. A análise dos dados foi realizada pelo teste qui-quadrado, pelo coeficiente de Cramer e pela análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Aproximadamente 80% das mulheres climatéricas procuraram atenção médica por causa da irregularidade menstrual e dos sintomas climatéricos. Mulheres com companheiro, em terapia de reposição hormonal e com maior intensidade dos sintomas psicológicos foram as que mais procuraram atenção médica. A principal razão para a não-procura foi a mulher considerar que a queixa não merecia atenção médica. CONCLUSÕES: A procura de serviço médico por queixas relacionadas ao climatério foi alta, porém um porcentual significativo de mulheres não procurou atenção médica por considerar a sintomatologia natural.
Subject: Serviços de saúde da mulher
Menopausa
Cuidados médicos
Climatério
Aceitação pelo paciente de cuidados de saúde
Amostragem por conglomerados
Entrevistas
Questionários
Women's health care
Menopause
Climacteric
Medical care
Patient acceptance of health care
Cluster sampling
Interviews
Questionnaires
Editor: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0034-89102002000400015
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102002000400015
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102002000400015
Date Issue: 1-Aug-2002
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-89102002000400015.pdf113.25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.