Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/17485
Type: Artigo de periódico
Title: Causal attributions in Brazilian children's reasoning about health and illness
Title Alternative: Atribuições de causalidade referentes à saúde e à doença de crianças brasileiras
Author: Boruchovitch, Evely
Mednick, Birgitte R
Abstract: INTRODUCTION: At a time when a great number of diseases can be prevented by changing one's habits and life style, investigations have focused on understanding what adults and children believe to be desirable health practices and uncovering the factors associated with successful adherence to such practices. For these, causal attributions for health and illness were investigated among 96 Brazilian elementary school students. METHODS: Ninety six subjects, aged 6 to 14, were interviewed individually and their causal attributions were assessed through 14 true-false items (e.g. people stay well [healthy] because they are lucky). The relationship between the children's causal attributions and demographic characteristics were also examined. RESULTS: Overall, the results were consistent with previous researches. Taking care of oneself was considered the most important cause of good health. Viruses and germs and lack of self-care were the most selected causes of illness. Analyses revealed significant relationship between subjects' causal attribution and their age, school grade level, socioeconomic status and gender. CONCLUSIONS: The study findings suggest that there may be more cross-cultural similarities than differences in children's causal attributions for health and illness. Finding ways to help individuals engage in appropriate preventive-maintenance health practices without developing an exaggerated notion that the individuals can control their own health and illness is a challenge which remains to be addressed by further research.
INTRODUÇÃO: Num momento histórico no qual um grande número de doenças podem ser prevenidas pelas mudanças de hábitos e comportamentos, investigações vêm se desenvolvendo no sentido de, não só compreender o que adultos e crianças consideram como práticas saudáveis desejáveis, mas também na tentativa de identificar fatores associados ao engajamento em comportamentos saudáveis por parte do indivíduo. Assim sendo, objetivou-se investigar atribuições de causalidade para saúde e doença entre alunos do ensino fundamental. MÉTODOS: Foi estudada uma amostra de 96 estudantes de 6 a 14 anos de idade de duas escolas de ensino fundamental, uma pública e outra privada, do Município do Rio de Janeiro, RJ. Os sujeitos foram entrevistados individualmente, e as atribuições de causalidade foram medidas por meio de 14 itens do tipo-verdadeiro (e.g., pessoas são saudáveis porque elas têm sorte). Relações entre as atribuições de causalidade e variáveis demográficas foram também examinadas. RESULTADOS: Os resultados encontrados foram consistentes com a literatura da área. Enquanto cuidar de si mesmo foi considerada como a causa mais importante da saúde, vírus e falta de cuidado consigo mesmo foram as atribuições de causalidade mais freqüentes para doença. Foram encontradas relações significativas entre as atribuições de causalidade e as variáveis demográficas. CONCLUSÕES: O estudo aponta para a existência de semelhanças culturais nas atribuições de saúde e doença de crianças e enfatiza a importância de que pesquisas futuras se voltem para a busca de maneiras de se promover o engajamento da criança em práticas saudáveis sem, contudo, despertar sentido irrealista de controle sobre sua própria saúde.
Subject: Atitude frente à saúde
Formação de conceito
Comparação transcultural
Educação em saúde
Fatores etários
Fatores socioeconômicos
Atribuições de causalidade para saúde e doença
Attitude to health
Concept formation
Cross-cultural comparison
Health education
Age factors
Socioeconomic factors
Causal attributions for health and illness
Editor: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0034-89102000000500008
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102000000500008
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102000000500008
Date Issue: 1-Oct-2000
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-89102000000500008.pdf140.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.