Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/173
Type: Artigo de periódico
Title: Prevalência de deficiência auditiva referida e causas atribuídas: um estudo de base populacional
Title Alternative: Prevalence of self-reported hearing loss and attributed causes: a population-based study
Author: CRUZ, Mariana Sodário
OLIVEIRA, Luiz Roberto de
CARANDINA, Luana
LIMA, Maria Cristina Pereira
CÉSAR, Chester Luis Galvão
BARROS, Marilisa Berti de Azevedo
ALVES, Maria Cecilia Goi Porto
GOLDBAUM, Moises
Abstract: Objetivou-se verificar a prevalência de deficiência auditiva referida pela população urbana de quatro localidades do Estado de São Paulo, Brasil, e estudar as causas atribuídas e variáveis sócio-demográficas. Foi realizado um estudo transversal de base populacional com dados referentes à população com 12 anos ou mais residente nas quatro localidades, em 2001 e 2002. Participaram 5.250 sujeitos selecionados por amostragem probabilística, estratificada e selecionada por conglomerados, em dois estágios. A análise dos dados foi exploratória, incluindo análise bivariada e regressão logística múltipla. A prevalência de deficiência auditiva foi 5,21%, mais acentuada nas faixas etárias acima de 59 anos (18,7%), que referiram doenças nos 15 dias anteriores à entrevista (8,4%), com transtorno mental comum (8,85%) e que fizeram uso de medicamentos nos últimos 3 dias (8,45%). O estudo dos fatores que se associam à deficiência auditiva direcionam intervenções de saúde para que atendam as reais necessidades da população, principalmente na atenção primária. Há necessidade de mais estudos populacionais com enfoque na audição, visto que esta é uma área escassa de publicações no Brasil.
The objective was to determine the prevalence of self-reported hearing loss in four urban areas in São Paulo State, Brazil, and to describe the causes and socio-demographic variables. This was a population-based cross-sectional study with data on individuals 12 years or older living in the areas in 2001 and 2002. Participation included 5,250 subjects selected by two-stage probability sampling, stratified in clusters. Data analysis was exploratory, including bivariate and multiple logistic regression analysis. Prevalence of hearing loss was 5.21%, and higher levels were associated with: age > 59 years (18.7%), illness in the 15 days prior to the interview (8.4%), common mental disorders (8.8%), and use of medication in the previous 3 days (8.4%). The study of factors associated with hearing loss can lead to health interventions for addressing that the population's real needs, mostly in primary care. More population-based studies on hearing are needed in Brazil, since there are few publications on the subject.
Subject: Perda Auditiva
Inquéritos de Morbidade
População Urbana
Hearing Loss
Morbidity Surveys
Urban Population
Country: Brasil
Editor: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Citation: Cadernos de Saúde Pública, v.25, n.5, p.1123-1131, 2009
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0102-311X2009000500019
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009000500019
http://www.scielo.br/pdf/csp/v25n5/19.pdf
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Artigos e Materiais de Revistas Científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_CESAR_Prevalencia_de_deficiencia_auditiva_referida_e_causas_2009.pdfpublished version107.28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.