Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/16671
Type: Artigo de periódico
Title: Avaliação das condições de trabalho dos servidores braçais de instituição pública
Title Alternative: Working conditions of municipal employees: risk factors and measurement of morbidity, 1987
Author: Tolosa, Dora E.R.
Mendes, René
Abstract: The working conditions of municipal employees of Botucatu (State of S. Paulo, Brazil) are described with a view to identifying the most frequent and serious occupational risks. Office workers (clerks) were not encluded in this study. The morbidities registered in the municipal outpatient service (from July 17 through December 4, 1987) and in the occupational accident register for the period 1984-1987 were evaluated. The activities of the majority of the employees were found to be carried out manually with no technological assistance, likely to generate occupational accidents (OA) and related to inadequate (antiergonomic) positions. The coefficient of severity of the OA has increased so rapidly that in 1987 it was 1.85 times higher than in 1984. The analysis of the external sources and the nature of the lesions caused by the OA were closely related to the description of the activities and the risk factors observed. The most frequent ailments registered in the outpatient service were: arterial hypertension, lumbago,the common cold, chronic alcoholism, acute gastroenterecolitis and personal difficulties. An occupational health program for the municipal workers in Botucatu is proposed.
Descrevem-se as condições de trabalho dos servidores braçais da Prefeitura Municipal de Botucatu (PMB), Brasil, procurando identificar as condições mais freqüentes e mais graves de riscos ocupacionais. Foi analisada a morbidade registrada no ambulatório dos servidores municipais, no período de 17 de julho a 4 de dezembro de 1987; foram analisados os acidentes de trabalho sofridos e registrados pelos servidores municipais nos anos de 1984, 1985,1986 e 1987. A descrição dos setores braçais revelou que as tarefas executadas na PMB são, majoritariamente, executadas manualmente, sem tecnologia, evidenciando condições potenciais para gerar acidentes de trabalho e posições antiergonômicas como as condições de risco mais freqüentes. Os coeficientes de gravidade desses mesmos acidentes elevaram-se desde 1984, sendo o de 1987, 1,85 vezes maior que o de 1984. A análise da causa externa e natureza da lesão decorrentes dos ATs validam a descrição do processo de trabalho e das condições de risco ocupacionais observadas. Os agravos mais freqüentes registrados no ambulatório foram: hipertensão arterial, outras circunstâncias familiares não especificadas (problemas pessoais), lombalgia, gripe, alcoolismo crônico e gastroenterocolite aguda, sendo que todas essas doenças (exceto problemas pessoais) foram mais freqüentes nos servidores braçais do que nos administrativos. Propõe-se a implantação de um programa de saúde ocupacional voltado aos servidores municipais da PMB.
Subject: Condições de trabalho
Riscos ocupacionais
Morbidade
Acidentes do trabalho
Working conditions
Working risks
Morbidity
Accidents, occupational
Editor: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0034-89101991000200009
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101991000200009
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101991000200009
Date Issue: 1-Apr-1991
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-89101991000200009.pdf947.57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.