Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/15981
Type: Artigo de periódico
Title: Avaliação da disfagia pediátrica através da videoendoscopia da deglutição
Title Alternative: Evaluation of dysphagia in pediatric population using fiberoptic endoscopy
Author: Paula, Ari de
Botelho, Izabel
Silva, Ariovaldo A.
Rezende, José M. M. de
Farias, Celi
Mendes, Lucilaine
Abstract: Aim: Using fiberoptic endoscopy that can be easily transported, we evaluated a dysphagic pediatric population with a fonoaudiologic team helping her not only with diagnosis but also in therapeutic strategic. Study design: prospective clinical randomized. Method: A group of 10 children between 45 days and 5 years old, an average of 1 year and 9 months with disturbs of deglutitions from neurologic or prematures ariseing had been evaluated through fiberoptic endoscopy. The evaluation had been executed in a dynamic form (functional one) because we fod them during the examination, studying principally the faringeal fases disturbs. Results: We observed the alterations of pharyngeal fase that are better identificated with the exam, where we clearly identificated the sensibility disturbs and the pharyngeal motricity, as well as the occurrence of high or deep laryngeal penetration, aspiration, or clearence deficits after each swallowing movement, as well as coordination of respiration-succion-deglution. Conclusion: The fibereoptic endoscoipic evaluation of swallowing (FEES) is an agile exam and with high precision, practically without risks to the pediatric population, aiming safety the fonoaudiologic work to the therapy.
Objetivo: Utilizando do nasofibroscópio que pode ser transportado facilmente, avaliamos uma população pediátrica com disfagia juntamente com uma equipe de fonoaudiólogas auxiliando-as não só no diagnóstico como nas estratégias terapêuticas. Forma de estudo: Clínico prospectivo randomizado. Método: Um grupo de 10 crianças entre 45 dias e 5 anos de idade, com média de 1 ano e 9 meses, prematuras ou apresentando queixas de distúrbios da deglutição de origem neurológica foram avaliadas através da videoendoscopia. A avaliação foi realizada de forma dinâmica (funcional) pois as alimentávamos durante o exame, estudando principalmente os distúrbios da fase faríngea. Resultados: Observamos as alterações da fase faríngea que são melhor identificadas com o exame, e claramente identificávamos distúrbios da sensibilidade e motricidade faríngea, assim como a ocorrência de penetração laríngea, a qual dividimos em alta ou baixa, aspiração, ou déficits de clearence após cada movimento deglutório, assim como a coordenação respiração-sucção-deglutição. Conclusão: A videoendoscopia da deglutição (VED) é um exame ágil e com alto grau de precisão, praticamente sem riscos para a população pediátrica, norteando com segurança o trabalho da fonoaudióloga para terapia.
Subject: deglutição
disfagia
nasofibroscopia
pediatria
fonoaudiologia
nutrição
neurologia
deglutition
dysphagia
fiberoptic endoscopy
pediatric
fonoaudyology
nutrition
neurology
Editor: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0034-72992002000100016
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992002000100016
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992002000100016
Date Issue: 13-May-2002
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-72992002000100016.pdf498.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.