Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/1242
Type: Artigo de periódico
Title: Distribuição espacial dos idosos de um município de médio porte do interior paulista segundo algumas características sócio-demográficas e de morbidade
Title Alternative: Spatial distribution of elderly individuals in a medium-sized city in São Paulo State, Brazil, according to key socio-demographic and morbidity characteristics
Author: CAMPOS, Frederico Grizzi de
BARROZO, Ligia Vizeu
RUIZ, Tania
CÉSAR, Chester Luiz Galvão
BARROS, Marilisa Berti Azevedo
CARANDINA, Luana
GOLDBAUM, Moisés
Abstract: Os Sistemas de Informação Geográfica constituem importantes instrumentos dentro da Saúde Pública como técnicas de análise da distribuição de agravos à população, e, portanto, podem ser usados no estudo da localização de indivíduos portadores de doenças crônicas. Este trabalho objetivou a realização de análise espacial da distribuição da população de sessenta anos e mais no Município de Botucatu, São Paulo, Brasil, estudando o perfil sócio-demográfico e a presença de diabetes e hipertensão arterial. Foram analisados dados de 468 idosos da amostra de inquérito populacional realizado entre 2001 e 2002. Os idosos com melhor nível sócio-econômico residem nos setores censitários de estratos sociais mais altos, o que foi estatisticamente comprovado pela utilização de técnicas de análise espacial para renda e escolaridade. Não se encontrou padrão de distribuição espacial para idosos hipertensos e diabéticos que se localizaram no mapa de forma heterogênea. O presente estudo sugere a utilização das técnicas de geoprocessamento para o mapeamento digital das áreas de abrangências das Unidades de Atenção Primária à Saúde, para um melhor controle da distribuição de idosos portadores de doenças crônicas e de sua assistência pelos profissionais de saúde.
Geographic Information Systems serve as important public health tools for analyzing population disease distribution and thus for identifying individuals with chronic non-communicable diseases. The current study performed a spatial analysis of the distribution of the population 60 years and older in the city of Botucatu, São Paulo State, Brazil, studying the socio-demographic profile and the presence of diabetes mellitus and arterial hypertension. Data were analyzed from 468 elderly individuals from a population survey conducted in 2001-2002. Elders with the highest socioeconomic status live in the census tracts with the highest social strata, as proven statistically by spatial analysis techniques for income and schooling. No spatial distribution pattern was found for elderly individuals with hypertension and diabetes, who were located heterogeneously on the map. The study suggests the use of geoprocessing techniques for digital mapping of areas covered by primary health care units, aimed at better monitoring of the distribution of elderly individuals with chronic diseases and their care by health professionals.
Subject: Sistemas de Informação Geográfica
Distribuição Espacial da População
Idoso
Atenção Básica à Saúde
Geographic Information Systems
Residence Characteristics
Aged
Primary Health Care
Country: Brasil
Editor: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Citation: Cadernos de Saúde Pública, v.25, n.1, p.77-86, 2009
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0102-311X2009000100008
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009000100008
http://www.scielo.br/pdf/csp/v25n1/08.pdf
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Artigos e Materiais de Revistas Científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_BARROZO_Distribuicao_espacial_dos_idosos_de_um_municipio_2009.pdfpublished version173.21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.