Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/1235
Type: Artigo de periódico
Title: Composition and natural history of a Cerrado snake assemblage at Itirapina, São Paulo state, southeastern Brazil
Title Alternative: Composição e história natural das serpentes de Cerrado de Itirapina, São Paulo, sudeste do Brasil
Author: SAWAYA, Ricardo Jannini
MARQUES, Otavio Augusto Vuolo
MARTINS, Marcio
Abstract: Neotropical snake assemblages present high species richness and complex structures. The Cerrado is the second largest biome in Brazil, and was included among the 25 World's biodiversity hotspots. In southeastern Brazil, the remnant Cerrado areas have suffered intense destruction, and presently less than 2% of Cerrado natural vegetation remain in São Paulo state. Virtually no detailed study on Cerrado snakes was carried out in this region. The Itirapina region has one of the last well preserved remnants of open cerrado in São Paulo state. Our purpose in this work was the study of natural history and composition of the Cerrado snakes of Itirapina region. We performed an extensive field sampling combining six sampling methods in Estação Ecológica de Itirapina and disturbed Cerrado areas in its surroundings (municipalities of Itirapina and Brotas), during 101 trips throughout 43 months, between September 1998 and March 2002, corresponding to 446 days of field sampling. We also collected additional data from museum specimens housed in scientific collections. We present data on size, general abundance, habitat and macrohabitat use, daily and seasonal activity, feeding, reproduction, and defense. We also compared the Itirapina snake assemblage with nine snake assemblages of Brazil, from Amazonia, Atlantic Forest, Cerrado, and other open habitats. We recorded a total of 36 snake species among 755 individuals found in the field and six records from scientific collections and literature, belonging to 25 genera and five families. The snake assemblage comparisons indicate that the Cerrado has its own identity regarding the snake composition. Although small (about 2,300 ha), the Estação Ecológica de Itirapina encompasses well preserved and representative Cerrado physiognomic forms, which harbors a rich and typical Cerrado snake fauna. The occurrence of some species only inside the reserve also indicates that the Estação Ecológica de Itirapina is of fundamental importance to the maintenance of Cerrado biodiversity.
As taxocenoses de serpentes neotropicais apresenta m alta riqueza de espécies e estruturas complexas. O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil e foi incluído entre os 25 hotspots globais de biodiversidade. No sudeste do Brasil, as áreas remanescentes de Cerrado têm sofrido intensa destruição, e atualmente restam menos de 2% da vegetação natural de Cerrado no estado de São Paulo. Praticamente nenhum estudo detalhado sobre serpentes do Cerrado foi realizado nesta região. A região de Itirapina apresenta um dos últimos remanescentes bem preservados de cerrado aberto no estado de São Paulo. Nosso objetivo neste trabalho foi o estudo da história natural e composição das serpentes de Cerrado da região de Itirapina. Nós realizamos uma amostragem de campo extensiva combinando seis métodos de amostragem na Estação Ecológica de Itirapina e áreas alteradas de Cerrado nas proximidades (municípios de Itirapina e Brotas), em 101 viagens durante 43 meses, entre setembro de 1998 e março de 2002, o que correspondeu a 446 dias de amostragem de campo. Também coletamos dados adicionais a partir de espécimes de coleções científicas. Apresentamos dados sobre tamanho, abundância geral, uso do ambiente e substrato, atividade diária e sazonal, dieta, reprodução e defesa. Também comparamos a taxocenose de serpentes de Itirapina com nove taxocenoses de serpentes do Brasil, incluindo a Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado e outras formações abertas. Registramos na região de Itirapina 36 espécies de serpentes entre 755 indivíduos encontrados no campo e seis registros de coleções científicas e literatura, pertencentes a 25 gêneros de cinco famílias. As comparações entre taxocenoses indicam que o Cerrado apresenta uma identidade própria em relação à composição de espécies de serpentes. Apesar de limitada a um pequeno fragmento (cerca de 2.300 ha), a Estação Ecológica de Itirapina apresenta fisionomias conservadas e representativas de Cerrado, que abrigam uma fauna de serpentes rica e típica do Cerrado. A ocorrência de algumas espécies apenas no interior da reserva também indica que a Estação Ecológica de Itirapina é de importância fundamental para a manutenção da biodiversidade do Cerrado.
Subject: Biodiversity
Natural history
Squamata
Serpentes
Cerrado
Itirapina
São Paulo
Brazil
Biodiversidade
História natural
Country: Brasil
Brasil
Editor: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1676-06032008000200015
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032008000200015
http://www.scielo.br/pdf/bn/v8n2/a15v8n2.pdf
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IB - Artigos e Materiais de Revistas Científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_MARTINS_Composition_and_natural_history_of_a_Cerrado_2008.pdfpublished version2.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.