Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/118819
Type: Artigo de periódico
Title: A Política De Leitura Em Campinas: O Caso Da Biblioteca Municipal “prof. Ernesto Manoel Zink”
Author: Sérgio Antonio da Silva Leite
Luciane Vaughn Schmidt
Abstract: A dinâmica de funcionamento da Biblioteca Municipal “Prof. Ernesto Manoel Zink” relaciona-se com uma problemática maior: investigar se esse espaço público tem representado, para os moradores de Campinas, uma possibilidade de inserção no mundo da escrita, um ambiente de letramento, tendo em vista um projeto político de investimento em leitura. Evidenciaram-se inúmeras dificuldades enfrentadas pelos bibliotecários e assistentes de biblioteca entrevistados, sendo que duas limitações têm uma importância fundamental para se entender um problema que diz respeito não só à Biblioteca Central de Campinas, mas às bibliotecas públicas de um modo geral: o número reduzido de leitores, que não apenas estudantes, e a falta de clareza quanto à função social da biblioteca, por parte dos funcionários que, em sua maioria, não percebem o alcance social e cultural de sua prática, deixando de se preocupar com a formação de leitores e com a ampliação das condições de letramento daqueles que já participam do universo da leitura. Os dados também apontam para a necessidade de que a Secretaria Municipal de Educação, à qual as bibliotecas públicas estão subordinadas, realize projetos no sentido de democratizar a leitura na cidade. Palavras-chave Leitura; Política de leitura; Biblioteca pública Abstract The functioning dynamics of the Professor Ernesto Manoel Zink City Library is related to a major problem: investigating whether such public space has been representing not only a possibility of inclusion in the world of writing, but also an environment of literacy for the inhabitants of Campinas – having in mind a political project of investment in reading. Several difficulties have been pointed out by librarians and library assistants, and two limitations are fundamental to the understanding of a problem which concerns not only the Central Library of Campinas, but also all public libraries in Brazil: a reduced number of readers, since most users are students, and the staff’s lack of clarity concerning the social function of libraries. Due to the fact that librarians and assistants are not able to realize both the social and cultural reach of their jobs, they do not care about the formation of readers and the enlargement of the conditions of literacy of those who already take part in the universe of reading. Furthermore, the data show that it is essential that the City Department of Education, to which the public libraries in Campinas are subordinate, create projects in order to democratize the reading in the city. Keywords Reading; Reading policy; Public library
Subject: Leitura
Política De Leitura
Biblioteca Pública
Rights: aberto
Address: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/549
Date Issue: 8-Jan-2009
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File SizeFormat 
ppec_549-604-1-PB.pdf153.55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.