Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/118465
Type: Artigo de periódico
Title: O Drama Do Poeta
Author: Eduardo Sterzi
Abstract: Apesar da retórica de tabula rasa que aparece em tantos pontos de sua obra, Oswald de Andrade construiu sua combinação de literatura e teoria a partir de uma releitura renovadora de momentos decisivos da tradição. Dante Alighieri tem aí papel fundamental. É certo que as constantes referências a Dante na obra de Oswald podem ser vistas, por um lado, como um simples jogo com a tradição. Por outro, porém, podem ser interpretadas como expressões da consciência de que, na obra de Dante, se entabulara uma partida decisiva para a configuração da literatura – e das artes em geral – dali por diante. Ou seja, algumas das questões propostas originalmente por Dante talvez continuassem a interrogar os modernistas brasileiros – como, de resto, interpelavam, à mesma época, escritores de outras paisagens, como Eliot e Mandelstam. Busca-se aqui, por meio de um exame da reproposição de figuras dantescas na peça A morta, de 1937, avaliar a relevância do autor florentino para a constituição da ideia oswaldiana de Antropofagia (repensada aqui como uma teoria da poesia).
Rights: aberto
Address: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636451
Date Issue: 17-Jun-2015
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File SizeFormat 
ppec_8636451-6134-1-SM.pdf624.26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.