Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/356373
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Análise da eficiência financeira e social das cooperativas de crédito rural no Brasil
Title Alternative: Analysis of the financial and social efficiency of Brazilian Agricultural Credit Unions
Author: Cavinato, Nayara Regina, 1988-
Advisor: Capitani, Daniel Henrique Dário, 1983-
Abstract: Resumo: As cooperativas de crédito são instituições financeiras que apresentam duplo objetivo. Como qualquer outra instituição, precisam ter algum lucro, porém, também apresentam objetivos relacionados ao impacto social, isto é, em proporcionarem acesso ao crédito e demais serviços bancários a um público financeiramente excluído, que geralmente são indivíduos de baixa renda e microempreendimentos. Parte das cooperativas de crédito atendem um público envolvido na atividade agropecuária, atuando como um serviço financeiro essencial à dinamização do agronegócio. Porém, observa-se a escassez de estudos que buscaram avaliar a eficiência das cooperativas de crédito rural. Sendo assim, para preencher parte desta lacuna, este trabalho busca analisar a eficiência financeira e a eficiência social das cooperativas de crédito rural no Brasil. Em outras palavras, busca-se avaliar quais as cooperativas de crédito alcançam maiores retornos financeiros, e quais conseguem gerar mais benefícios aos cooperados, dado um certo nível de recursos disponível. Desta maneira, propõe-se a compreender se tais instituições cumprem satisfatoriamente seus propósitos de atuação. Para isto, utiliza-se o modelo de programação linear não paramétrico da Análise Envoltória de Dados (DEA) com retornos variáveis de escala (VRS) e orientada a output, considerando para a análise da eficiência financeira o período entre 2012 a 2019 e para a análise da eficiência social o período de 2012 a 2017. Em geral, observa-se que as cooperativas de crédito rural são mais eficientes financeiramente do que socialmente. A proporção de cooperativas de crédito rural que são financeiramente eficientes é sempre maior que 62%. Por outro lado, a proporção de cooperativas de crédito rural que são socialmente eficientes nunca é maior que 35%. Com base nos aspectos regionais, a Região Sul possui o maior número de cooperativas eficientes, sobretudo as de pequeno, médio e grande porte. No Nordeste, contudo, há uma incidência significativa de cooperativas eficientes de porte micro. Na Região Sudeste, as cooperativas de crédito rural são predominantemente de grande porte e eficientes apenas no modelo financeiro. Há evidências que as cooperativas financeiramente eficientes estão localizadas nas regiões em que a atividade agropecuária é mais dinâmica e tradicionalmente presente, havendo incidências de cooperativas eficientes de portes pequenos a grandes. Na eficiência social, por sua vez, observa-se um padrão mais variável, destacando-se que a maioria das cooperativas de crédito rural socialmente eficientes são de porte menor e estão localizadas em municípios de menor renda, corroborando a importância destas instituições nas regiões mais vulneráveis. Em suma, entende-se que as eficiências são mais recorrentes de acordo com o cenário de concorrência em que se encontram, sobretudo nas regiões em que o agronegócio é mais dinâmico, havendo uma clara sinalização que estas instituições têm incrementado sua eficiência ao longo do tempo

Abstract: Credit Unions are financial institutions with dual goals. Despite their needs to obtain profits, like any other institution, they also seek to meet their purposes related to their social impact, e.g., to provide credit access and other financial services to financially excluded economic agents, as low-income individuals and small companies and entrepreneurs. A group of Credit Unions focuses their activities on agricultural activities, being essential in the providing of financial services to the agribusiness. Despite the importance of this subject, few studies proposed to investigate the efficiency of Agricultural Credit Unions. Therefore, this thesis proposes to analyze the financial efficiency and social efficiency of Agricultural Credit Unions in Brazil, focusing the analysis to identify the Agricultural Credit Unions that most provide financial returns, as well as benefits to their members, i.e., those that reached their management, operational and social goals. For that, we apply the non-parametric linear programming model of Data Envelopment Analysis (DEA) with variable returns of scale (VRS) and output oriented, considering the period from 2012 to 2019 for the financial efficiency analysis, and from 2012 to 2017 for the social efficiency analysis. Overall, the results suggest that Agricultural Credit Unions are more financially efficient than socially. The share of financially efficient institutions is greater than 62%, while the socially efficient is less than 35%. Based on regional aspects, the South region has the largest number of efficient Agricultural Credit Unions, especially those with small, medium and large size of operation. In the Northeast, however, there is a significant number of efficient Agricultural Credit Unions of micro size. In the Southeast Region, Agricultural Credit Unions are mainly large and efficient only in the financial model. The general evidences point out that financially efficient Agricultural Credit Unions are from small to large sizes and are located in those regions where agricultural activity is more dynamic and traditionally established. For the social efficiency model, it seems to have more diversity findings. For example, most of the socially efficient Agricultural Credit Unions are smaller and are located around the lower income regions, demonstrating how important these institutions are in these areas. Further, the thesis findings shown that the Agricultural Credit Unions efficiencies are related with the market competition level, especially in the areas where agribusiness is more dynamic, e.g., where the agricultural and livestock industries are largely established. In addition, results suggest that these institutions have been increasing their efficiency over time
Subject: Cooperativas de crédito
Análise envoltória de dados
Eficiência
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CAVINATO, Nayara Regina. Análise da eficiência financeira e social das cooperativas de crédito rural no Brasil. 2020. 1 recurso online (151 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cavinato_NayaraRegina_M.pdf2.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.