Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/344004
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Resistência adesiva e característica da infiltração de marcadores na união cimento resinoso-dentina sob pressão pulpar simulada
Title Alternative: Adhesive Strength and Characteristics of Markers Infiltration in the Union resin-dentin cement under simulated pulpal pressure
Author: Nizo, Paolo Tulio di, 1991-
Advisor: Goes, Mario Fernando de, 1954-
Abstract: Resumo: Este estudo avaliou o efeito da pressão pulpar no desempenho mecânico de cimentos resinosos aplicados de diferentes formas à superfície da dentina, bem como a infiltração da prata na região da união, após 24h e 12 meses de armazenamento em água. A oclusal de 160 molares humanos foi removida horizontalmente para expor uma superfície plana de dentina. Os cimentos convencionais Rely X ARC e Panavia V5 e o autoadesivo Rely X U200, além da associação do adesivo Single Bond Universal com o cimento Rely X U200 foram usados para cimentação de restaurações indiretas sobre a dentina. Foram usados 8 dentes para cada condição de pressão e tipo de cimento, totalizando 128 dentes (n=8) para microtração e 32 dentes (n=2) para nanoinfiltração de prata. Após a cimentação, o conjunto dente-restauração foi submetido à simulação da pressão pulpar (20 cm de coluna d'água), por 24h e 12 meses. Os dentes que não foram submetidos a simulação da pressão pulpar ficaram armazenados em placas de acrílico contendo 24 poços. Decorrido cada tempo, os conjuntos dente-restauração foram seccionados na forma de palitos com área de secção de 0,8mm2 (± 0,2mm2) e submetidos ao ensaio de tração sob velocidade de 1 mm/minuto. O modo de fratura foi determinado usando microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os dados foram submetidos a análise de variância com três fatores e ao teste de Tukey (p menor ou maior que 0,05). Os fatores analisados foram significativos. A simulação de pressão pulpar reduziu significativamente os valores da resistência de união para Rely ARC e Panavia V5, no período de 12 meses de armazenagem e não apresentou efeito negativo na resistência de união na avaliação de 24 horas. O cimento autoadesivo Rely X U 200 apresentou resistência de união significativamente inferior aos demais cimentos resinosos, nos períodos de 24 horas. Em 12 meses de armazenamento, o cimento U 200 não diferiu estatisticamente do Relay X ARC e U200 + SBU, independente da pressão pulpar. O Tempo de armazenamento influenciou negativamente a resistência de união dos cimentos RelyX ARC e U 200 + SBU e não afetou o cimento Panavia V5 e U200. Na avaliação geral dos grupos, os padrões de fratura prevalentes foram coesivos no cimento, coesivos entre cimento-dentina e coesivos entre cimento e adesivo. A morfologia da união formada pelos cimentos resinosos - dentina apresentou deposição de grãos de prata com diferentes intensidades que variaram com a aplicação da pressão pulpar e armazenamento em água. O cimento Panavia V5 apresentou o melhor desempenho mecânico e a morfologia da união cimento - dentina apresentou menos zonas eletrodensas pela infiltração de prata. A pressão pulpar influenciou na resistência da união cimento-dentina, mas foi dependente do material

Abstract: This study evaluated the effect of pulpal pressure on the mechanical performance of resin cements applied in different ways to the dentin surface, as well as the infiltration of silver in the union region, after 24h and 12 months of storage in water. The occlusal of 160 human molars was removed horizontally to expose a flat dentin surface. Conventional Rely X ARC and Panavia V5 cements and the self-adhesive Rely X U200, in addition to the association of the Single Bond Universal adhesive with Rely X U200 cement were used to cement indirect restorations on dentin.Eight teeth were used for each pressure condition and type of cement, totaling 128 teeth (n = 8) for microtensile and 32 teeth (n = 2) for silver nanoinfiltration. After cementation, the tooth-restoration set was subjected to pulp pressure simulation (20 cm of water column) for 24 hours and 12 months. The teeth that were not submitted to pulpal pressure simulation were stored in acrylic plates containing 24 wells. After each time, the tooth-restoration sets were sectioned in the form of toothpicks with a section area of 0.8 mm2 (± 0.2 mm2) and subjected to the tensile test at a speed of 1 mm/minute. The fracture mode was determined using scanning electron microscopy (SEM). The data were submitted to analysis of variance with three factors and the Tukey test (p ? 0.05). The factors analyzed were significant. The pulp pressure simulation significantly reduced the bond strength values for Rely X ARC and Panavia V5, during the 12-month storage period and had no negative effect on the bond strength in the 24-hour evaluation.The self-adhesive cement U 200 showed bond strength significantly lower than the other resin cements, within 24 hours. In 12 months of storage, cement U 200 did not differ statistically from Relay X ARC and U200 + SBU, regardless of pulpal pressure.The storage time negatively influenced the bond strength of RelyX ARC and U 200 + SBU cements and did not affect Panavia V5 and U200 cement. In the general assessment of the groups, the prevalent fracture patterns were cohesive in cement, cohesive between cement-dentin and cohesive between cement and adhesive.The morphology of the union formed by the resin cement - dentin showed deposition of silver grains with different intensities that varied with the application of pulp pressure and storage in water. Panavia V5 cement presented the best mechanical performance and the morphology of the cement - dentin union showed less electrodense zones due to the silver infiltration. Pulpal pressure influenced the strength of the cement-dentin joint, but was dependent on the material
Subject: Cimentos de resina
Resistência à tração
Infiltração dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: NIZO, Paolo Tulio di. Resistência adesiva e característica da infiltração de marcadores na união cimento resinoso-dentina sob pressão pulpar simulada. 2020. 1 recurso online (98 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nizo_PaoloTuliodi_D.pdf5.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.