Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333985
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Caracterização morfológica da falange terminal no contexto da regeneração em camundongos (C57BL/6)
Title Alternative: Morphological characterization of the terminal phalanx in the context of regeneration in mice (C57BL/6)
Author: Dávila Maldonado, Diego Andrés, 1990-
Advisor: Marques-Souza, Henrique, 1977-
Abstract: Resumo: A regeneração tecidual é caracterizada pela recomposição de tecidos e órgãos perdidos. Este processo encontra-se muito bem descrito em membros da salamandra. Em mamíferos, um dos principais modelos para estudo da regeneração tecidual é a extremidade de dígitos de camundongos. De acordo com a literatura, dígitos de camundongos amputados distalmente são capazes de reconstruir a parte perdida, ficando muito semelhante ao dígito de animais do grupo controle. O ambiente no qual acontece a regeneração é importante para que o processo de recomposição do tecido possa acontecer de maneira ordenada. Um dos principais tecidos que compõem a extremidade do dígito de camundongo é a falange terminal, a maior estrutura do dígito, ou seja, o seu suporte. Após amputação distal do dígito, o reparo da falange ocorre por ossificação aposicional resultando na reconstituição quase perfeita do dígito. O objetivo deste trabalho foi descrever as características histológicas e relações dos diferentes tecidos que compõe a extremidade do dígito de camundongos. As análises revelaram que aproximadamente nos dias 8 e 15 após amputação ocorrem eventos importantes para a reconstituição do dígito. O dia 8 marca o início do processo de ossificação e o dia 15 marca a conclusão deste processo. A expressão gênica de nossos genes alvo, Bglap, Dkk1, Sp7 e Msx1, mostraram ter indícios da atividade de ossificação predita pelas imagens histológicas. A diferença entre de tamanho entre o digito controle e o amputado, sugere-se que é causado pela falta de capacidade de promover o crescimento adicional da falange que foi perdida na amputação. É necessário estudar a expressão dos genes citados neste estudo, abordados com uma perspectiva funcionalmente para saber se são co-dependentes para realizar as suas funções

Abstract: Tissue regeneration is characterized by the recomposition of lost tissues and organs. This process is very well described in salamander members. In mammals, one of the main models for the study of tissue regeneration is the digit tip of mice. According to the literature, mice digits distally amputated are able to reconstruct, being very similar to non amputated digit. The environment in which regeneration takes place is important so that the tissue recomposition process can happen in an orderly manner. One of the main tissues that make up the end of the digit of mouse is the distal phalanx, the largest structure of the digit, that is its support. After a distal amputation, the bone repair occurs by appositional ossification, resulting in reconstitution of the amputated digit tip. The aim of this work was to describe the histological characteristics of the different tissues that make up the digit tip of mice. In addition to the tissue relationships that may be important for the repair of the digit. Analyzes revealed that on day 8 and 15 there were important events. Until day 8 the ossification was stagnated and from this day the ossification begins. On day 15 the ossification is finished, since the whole phalange is ossified. The gene expression of our target genes, Bglap, Dkk1, Sp7 and Msx1, have been shown to have evidence of the ossification activity predicted by histological imaging. The difference between the size of the control and the amputee is suggested to be caused by the lack of ability to promote the additional growth of the phalanx that was lost in the amputation. It is necessary to study an expression of the genes cited in the study, addressed with a perspective for the performance of whether they are co-dependent to perform as their functions
Subject: Amputação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: DÁVILA MALDONADO, Diego Andrés. Caracterização morfológica da falange terminal no contexto da regeneração em camundongos (C57BL/6). 2017. 1 recurso online (66 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
DavilaMaldonado_DiegoAndres_M.pdf4.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.