Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333911
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito do exercício físico e da oxigenação hiperbárica no remodelamento da carótida após lesão arterial : Effect of physical exercise and hyperbaric oxygen therapy on carotid remodeling after arterial injury
Title Alternative: Effect of physical exercise and hyperbaric oxygen therapy on carotid remodeling after arterial injury
Author: Pedrosa, Denise Gonçalves, 1987-
Advisor: Vicente, Cristina Pontes, 1965-
Abstract: Resumo: A atividade física regular tem sido amplamente relacionada a prevenção de doenças cardiovasculares. Estudos demonstraram que o exercício físico pode estimular a síntese de óxido nítrico (NO) e migração de células hematopoiéticas e de células progenitoras endoteliais (CPEs) da medula óssea para o sangue periférico, contribuindo para a regeneração do endotélio após a lesão arterial. O aumento de NO, assim como de citocinas e da ativação de fatores de transcrição como o NF-kappa B também foi observado após o tratamento com oxigenação hiperbárica (HBO), que consiste na inalação de 100% de oxigênio sob pressão maior que uma atmosfera e é amplamente estudado na cicatrização de feridas ou no reparo de lesões coronarianas. Neste trabalho, estudamos os efeitos isolados do exercício físico e do tratamento com HBO por 3 ou 7 dias, assim como a combinação destes em camundongos saudáveis (C57Bl/6J) com trombose induzida por cloreto férrico na artéria carótida. As análises foram realizadas em 3, 7 e 21 dias após a indução da lesão arterial. Artérias carótidas foram analisadas histologicamente para a verificação da formação do trombo, da atividade de gelatinases por zimografia in situ, dos níveis de óxido nítrico sintase endotelial (eNOS) e das metaloproteinases ADAMTS13, MMP-2 e MMP-9. Analisamos também a geração de espécies reativas de oxigênio (ROS) e a ocorrência do processo autofágico pela detecção da proteína LC3. Os marcadores CD31 e CD34 foram utilizados para a detecção de CPEs no endotélio do vaso por imunohistoquímica e também em sangue periférico de animais tratados com HBO por 7 dias por citometria de fluxo. Observamos que o exercício físico foi capaz de diminuir o tamanho do trombo, mas não o de neoíntima, assim como de aumentar os níveis de eNOS, ROS e de promover o remodelamento vascular induzindo um aumento de ADAMTS13. O tratamento com HBO por sua vez, diminuiu tanto o tamanho do trombo quanto o de neoíntima, aumentou os níveis de eNOS, a atividade de gelatinases e promoveu o remodelamento arterial com aumento de ADAMTS13 e LC3. Quando combinados, os efeitos encontrados foram otimizados resultando na maior redução da área de trombo e de neotintima, além de promover o efeito prolongado destas intervenções no remodelamento do vaso 21 dias após a lesão arterial. Concluímos que tanto o exercício físico realizado durante 3 semanas, quanto o tratamento com HBO por 3 ou 7 dias foram capazes de diminuir o dano vascular pela trombose, mas que a combinação do exercício com o tratamento com HBO por 7 dias foi mais eficaz na resolução do trombo e da neoíntima, assim como no processo de cicatrização do vaso lesionado. Em conjunto, estes achados podem ser utilizados como terapia para o tratamento da trombose arterial

Abstract: Regular physical activity has been largely associated with the prevention of cardiovascular diseases. Studies have shown that physical exercise can stimulate nitric oxide (NO) synthesis and migration of hematopoietic cells and endothelial progenitor cells (EPCs) from the bone marrow to the peripheral blood, contributing to endothelium regeneration after arterial injury. The increased production of NO, as well as cytokines and transcription factors such as NF-kappa beta was also observed after treatment with hyperbaric oxygenation (HBO), which consists of 100% oxygen inhalation under a pressure greater than one atmosphere and is widely studied in wound healing or coronary injury repair. In this study, we studied the isolated effects of physical exercise and HBO treatment for 3 or 7 days, as well as their combination in C57B/6J male mice after ferric chloride-induced thrombosis in the carotid artery. Analyzes were performed at 3, 7 and 21 days after arterial injury. Carotid arteries were analyzed histologically for thrombus formation and gelatinase activity by zymography in situ, nitric oxide (NO) analysis by the detection of eNOS and metalloproteinases such as ADAMTS13, MMP-2 and MMP-9. In addition, we analyzed reactive oxygen species (ROS) generation, as well as the incidence of autophagic processes by detection of LC3 protein. CD31 and CD34 markers were used for EPCs identification in vessel endothelium by immunohistochemistry and also in peripheral blood of HBO treated animals for 7 days by flow cytometry. Physical exercise was able to decrease thrombus size, but not neointima, besides increase eNOS, ROS levels and promote remodeling by ADAMTS13. Treatment with HBO reduced both thrombus and neointima size, increased eNOS levels, gelatinase activity and promoted arterial remodeling with the increase of ADAMTS13 and LC3. Upon combination, all effects were optimized resulting in a greater thrombus and neotintima reduction, in addition to promotion of prolonged effect of these interventions on vessel remodeling 21 days after arterial injury, allowing a better endothelial recovery. We conclude that physical exercise performed for 3 weeks and HBO treatment for 3 or 7 days were able to decrease vascular damage from thrombosis, but the combination of exercise and 7-day HBO treatment was more effective in thrombus resolution and healing process of injured vessel. Taken together, these finds may be used as a new therapy for arterial thrombosis treatment
Subject: Trombose
Exercícios físicos
Oxigenação hiperbárica
Artéria carótida
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PEDROSA, Denise Gonçalves. Efeito do exercício físico e da oxigenação hiperbárica no remodelamento da carótida após lesão arterial: Effect of physical exercise and hyperbaric oxygen therapy on carotid remodeling after arterial injury. 2019. 1 recurso online (142 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pedrosa_DeniseGoncalves_D.pdf6.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.