Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332994
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Youth employment and the urban informal economy in Zambia : Emprego dos jovens e a economia informal urbana na Zâmbia
Title Alternative: Emprego dos jovens e a economia informal urbana na Zâmbia
Author: Chikani, Zamiwe, 1986-
Advisor: Dias, Hugo Miguel Oliveira Rodrigues, 1978-
Abstract: Resumo: O problema do emprego dos jovens nas áreas urbanas é um dos desafios mais críticos que a Zâmbia enfrenta hoje. O rápido crescimento populacional face a um crescimento lento do setor formal está colocando uma pressão significativa no governo para criar empregos formais suficientes para a crescente população jovem. Esta transição demográfica tornou a economia informal urbana numa fonte importante de emprego e renda para a população jovem pobre, pouco qualificada e marginalizada na sociedade. Absorvendo quase 90% da população, o setor informal é o maior empregador na Zâmbia. É desnecessário dizer, no entanto, que os jovens dentro da economia informal urbana enfrentam uma variedade de desafios no acesso a oportunidades de trabalho decente, meios de subsistência decentes, bem como no aumento da produtividade de suas atividades econômicas. Os jovens são o grupo mais vulnerável no sector informal, na medida em que são mais suscetíveis a empregos e salários de baixa qualidade, emprego inseguro e explorador, bem como pobreza e exclusão social. Este documento dá uma visão geral do problema de emprego entre os jovens na Zâmbia e suas possíveis ramificações. Em segundo lugar, o estudo destaca maneiras pelas quais o país pode criar empregos formais suficientes, bem como como pode promover a economia informal urbana com vista à criação de empregos entre a população jovem em idade ativa

Abstract: The Youth employment problem in urban areas is one of the most critical challenges Zambia is facing today. Rapid population growth against a slow growing formal sector is putting significant pressure the government to create enough formal jobs for the growing youth population. This demographic transition has resulted in the urban informal economy becoming an importance source of employment and income for young people who are poor, low skilled and marginalized in society. Absorbing nearly 90% of the population, the informal sector is the biggest employer in Zambia. Needless to say however, youth within the urban informal economy face a variety of challenges in accessing decent job opportunities, decent livelihoods as well as enhancing the productivity of their economic activities. Young people are the most vulnerable group in the informal sector in that they are most susceptible to low quality jobs and wages, insecure and exploitative employment, as well as poverty and social exclusion. This 'paper gives an overview of the employment problem among the youth in Zambia and its possible ramifications. Secondly, the study highlights ways in which the country can create enough formal sector jobs as well as how it can promote the urban informal economy for Job creation amongst the youth working age population
Subject: Jovens - Emprego
Economia urbana
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Chikani_Zamiwe_M.pdf2.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.