Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331983
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Extraction and fractionation of phenolic compounds of purple corn, green propolis and red propolis using supercrycritical technology = Extração e fracionamento de compostos fenólicos de milho roxo, de própolis verde e de própolis vermelha usando tecnologia supercrítica
Title Alternative: Extração e fracionamento de compostos fenólicos de milho roxo, de própolis verde e de própolis vermelha usando tecnologia supercrítica
Author: Machaca Monroy, Yaneth, 1985-
Advisor: Cabral, Fernando Antonio, 1954-
Abstract: Resumo: Os compostos bioativos possuem propriedades químicas e físicas, tais como antioxidante e corante, que enriquecem os alimentos e influenciam na saúde. Os flavonoides são uma das principais classes de pigmentos funcionais pelas quais as indústrias de alimentos, cosmética e farmacêutica têm apresentado maior interesse. Diversos métodos de extração e de fracionamento de extratos têm sido empregados na obtenção dos compostos bioativos. Técnicas de extração e fracionamento que utilizam fluidos supercríticos, vêm se destacando por proporcionarem a obtenção seletiva de compostos bioativos com elevada qualidade, uma vez que estão incluídas no conceito de "química verde", do desenvolvimento sustentável e por serem economicamente viáveis quando comparadas aos respectivos métodos convencionais. Nos métodos convencionais, grandes quantidades de solventes orgânicos, longos tempos de processo e altas temperaturas são requeridas, o que pode promover a degradação, com perda de compostos fenólicos, de capacidade antioxidante e de cor. No campo da tecnologia supercrítica, pesquisas são desenvolvidas com o objetivo de estudar processos que venham a aumentar o rendimento de extração e o teor de compostos fenólicos nos extratos. Estuda-se alterações nas condições de processo, como na pressão e temperatura e pela adição de etanol ou de mistura etanol-água como co-solventes do dióxido de carbono supercrítico (scCO2). Para compostos de alta polaridade, o fracionamento de extratos aquosos, etanólicos e hidroalcoólicos são obtidos utilizando scCO2 como antisolvente. Neste contexto, esse trabalho visou estudar a extração com CO2 supercrítico de compostos fenólicos de Milho roxo (Zea mays L.) do Peru, de própolis verde e de própolis vermelha do Brasil usando processos em uma etapa ou processos sequenciais em várias etapas. Estudou-se também o uso do CO2 como antisolvente para fracionar extratos etanólicos e hidroalcoólicos de propolis verde e vermelha. A composição dos extratos foi avaliada quanto a Antocianinas Monoméricas Totais, Fenóis Totais, Flavonóis Totais, capacidade antioxidante por DPPH expressa em CE50 e cor avaliada pelos parâmetros do CIELAB. Todas essas análises mencionadas foram feitas por espectrofotometria. A análise de compostos específicos do milho roxo (Zea mays L.) e da própolis verde foi feita por HPLC, análises in vitro de atividade antiproliferativa foi feita para o pericarpo de milho roxo (Zea mays L.) e atividade antimicrobiana para a própolis verde. Os resultados mostraram que as extrações de milho roxo com scCO2 foram fortemente influenciadas pelo uso de co-solventes. As extrações em duas etapas sequenciais, extração com scCO2 seguida da extração com EtOH-H2O (70:30, v/v) da própolis verde e da própolis vermelha tiveram uma influência no rendimento geral de extração e sobre o conteúdo fenólico. O uso de scCO2 como antisolvente no fracionamento da própolis verde e vermelha produziu frações de extratos com altos teores de compostos fenólicos. No geral, todos os extratos demostraram ação potencial na atividade antioxidante

Abstract: Bioactive compounds have chemical and physical properties, such as antioxidants and dyes, which enrich foods and influence health. Flavonoids are one of the main classes of functional pigments for which the food, cosmetic and pharmaceutical industries have shown greater interest. Several methods of extraction and fractionation of extracts have been used to obtain the bioactive compounds. Extraction and fractionation techniques using supercritical fluids have been distinguished by their selective extraction of bioactive compounds with high quality, since they are included in the concept of "green chemistry", of sustainable development and because they are economically viable when compared to the respective conventional methods. In conventional methods, large amounts of organic solvents, long process times and high temperatures are required, which can promote degradation, with loss of phenolic compounds, antioxidant capacity and color. In the field of supercritical technology, researches are developed with the objective of studying processes that increase the extraction yield and the content of phenolic compounds in the extracts. Changes in process conditions, such as pressure and temperature, and the addition of ethanol or ethanol-water mixture as co-solvents of supercritical carbon dioxide (scCO2) are studied. For high polarity compounds, the fractionation of aqueous, ethanolic and hydroalcoholic extracts are obtained using scCO2 as antisolvent. In this context, this work aimed to study the supercritical CO2 extraction of phenolic compounds of Peruvian purple maize (Zea mays L.), green propolis and Brazilian red propolis using one - step processes or sequential processes in several stages. It was also studied the use of CO2 as antisolvent to fractionate ethanolic and hydroalcoholic extracts of green and red propolis. The composition of the extracts was evaluated for Total Monomeric Anthocyanins, Total Phenols, Total Flavonols, antioxidant capacity by DPPH expressed in EC50 and color evaluated by CIELAB parameters. All such analyzes were done by spectrophotometry. The analysis of specific compounds of purple maize (Zea mays L.) and green propolis was done by HPLC, in vitro analyzes of antiproliferative activity was done for the purple maize pericarp (Zea mays L.) and antimicrobial activity for green propolis. The results showed that extractions of purple corn with scCO2 were strongly influenced by the use of co-solvents. Two-step sequential extraction, scCO2 extraction followed by EtOH-H2O extraction (70:30, v/v) of the green propolis and the red propolis had an influence on the overall extraction yield and phenolic content. The use of scCO2 as antisolvent in the fractionation of green and red propolis produced fractions of extracts with high contents of phenolic compounds. In general, all extracts showed potential action on antioxidant activity
Subject: Extração com fluído supercrítico
Extração com líquido pressurizado
Milho roxo
Própolis vermelha
Propolis verde
Co-solvente
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Monroy_YanethMachaca_D.pdf25.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.