Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331796
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.contributor.otherBannwart, Antonio Carlos, 1955-pt_BR
dc.descriptionOrientador: Osvair Vidal Trevisanpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecânica e Instituto de Geociênciaspt_BR
dc.format.extent1 recurso online (132 p.) : il., digital, arquivo PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relation.requiresRequisitos do sistema: Software para leitura de arquivo em PDFpt_BR
dc.typeTESE DIGITALpt_BR
dc.titleRecuperação de petróleo por água de baixa salinidade em carbonatospt_BR
dc.title.alternativeOil recovery by low-salinity water in carbonatespt_BR
dc.contributor.authorAndrade, Anny Beatriz Cabral de, 1992-pt_BR
dc.contributor.advisorTrevisan, Osvair Vidal, 1952-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Mecânicapt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Geociênciaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Ciências e Engenharia de Petróleopt_BR
dc.subjectSalinidadept_BR
dc.subjectReservatório (Carbonático)pt_BR
dc.subjectRecuperação avançada de petróleopt_BR
dc.subjectMolhabilidadept_BR
dc.subject.otherlanguageSalinityen
dc.subject.otherlanguageReservoir (Carbonate)en
dc.subject.otherlanguageEnhanced oil recoveryen
dc.subject.otherlanguageWettabilityen
dc.description.abstractResumo: A produção primária e secundária de óleo em reservatórios de origem carbonática é relativamente baixa usando-se métodos convencionais de recuperação. A rocha presente nestes tipos de formação pode apresentar molhabilidade neutra ou preferencialmente ao óleo, o que torna a técnica de injeção secundária de água ineficaz, principalmente em reservatórios com molhabilidade voltada ao óleo. A recuperação avançada de óleo, ou Enhanced Oil Recovery (EOR), usando água de baixa salinidade para alterar a molhabilidade da rocha e reduzir a tensão interfacial tem sido estudada nos últimos anos apresentando bons resultados em laboratório. Apesar dos estudos dirigidos, ainda há muitas dúvidas quanto aos mecanismos propostos. O mecanismo de alteração de molhabilidade mais aceito é a troca iônica, que sugere que os íons Ca2+, Mg2+ e SO42- são os responsáveis pela recuperação incremental de óleo quando se injeta água de baixa salinidade em rochas carbonáticas. Esse mecanismo também sugere que os íons chamados não-ativos Na+ e Cl- da água de injeção influenciam negativamente na recuperação de óleo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a recuperação de óleo por injeção de água do mar com diferentes composições em modo secundário e terciário. Foram realizados oito ensaios de deslocamento forçado em dolomitas provenientes de afloramento a condições de 5000 psi e 124°C. Estudou-se o comportamento da recuperação de óleo quanto à redução de salinidade, usando água do mar duas, dez, cinquenta e cem vezes diluída, e redução da quantidade de cloreto de sódio na proporção 75%, 50%, 25% e 0% da concentração da água do mar original. Nos ensaios realizados com água de baixa salinidade na recuperação terciária, observou-se pouca ou nenhuma recuperação adicional. Isso provavelmente acontece devido à redução dos íons ativos magnésio, cálcio e sulfato. Os resultados pareceram mais promissores quando se injetou água do mar com salinidade reduzida na recuperação secundáriapt
dc.description.abstractAbstract: Primary and secondary oil recovery in carbonate reservoirs is relatively low. The characteristic rock in these types of formation is usually oil-wet or neutrally-wet, which makes the secondary water injection technique ineffective, especially when the reservoir is oil-wet. The Enhanced Oil Recovery (EOR) using low salinity water to alter rock wettability and reduce interfacial tension has been studied in recent years and has brought good results in laboratory, but there are still a lot of questions about the proposed mechanisms. The most accepted mechanism for wettability alteration is the ion exchange, which suggests that the ions Ca2+, Mg2+ and SO42- are the responsible for the incremental oil recovery when low salinity water is injected into carbonate rocks. This mechanism also suggests that the so-called "non-active" ions Na+ and Cl- of the injection brine impact the oil recovery from a negative way. The objective of this work was to evaluate the oil recovery by injecting seawater with different compositions in secondary and tertiary mode. Eight forced-displacement tests were carried out on outcrop dolomites at extreme conditions of 5000 psi and 124°C. This project aims to evaluate the behavior of the oil recovery by low salinity brine with two, ten, fifty and one hundred times diluted seawater, and reduction of the sodium chloride in 75%, 50%, 25% and 0% the concentration of the original seawater. In the tests performed with low salinity water in the tertiary recovery, little or no additional recovery was observed. This probably happens due to the reduction of the active ions magnesium, calcium and sulfate. The results appear to be more promising when injected low salinity water into secondary recoveryen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.citationANDRADE, Anny Beatriz Cabral de. Recuperação de petróleo por água de baixa salinidade em carbonatos. 2017. 1 recurso online (132 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecânica e Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331796>. Acesso em: 3 set. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineReservatórios e Gestãopt_BR
dc.description.degreenameMestra em Ciências e Engenharia de Petróleopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameMoreno, Rosângela Barros Zanoni Lopespt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameCompan, André Luiz Martinspt_BR
dc.date.defense2017-12-18T00:00:00Zpt_BR
dc.description.sponsordocumentnumber33003017pt_BR
dc.date.available2018-09-03T19:50:13Z-
dc.date.accessioned2018-09-03T19:50:13Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-09-03T19:50:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Andrade_AnnyBeatrizCabralDe_M.pdf: 4988086 bytes, checksum: e28116d06e1fb48cf1b878ccb65e99d5 (MD5) Previous issue date: 2017en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331796-
dc.description.sponsorCAPESpt_BR
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Andrade_AnnyBeatrizCabralDe_M.pdf4.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.