Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331739
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Narrativas sobre o cotidiano de trabalho de usuários em oficinas de geração de trabalho e renda da rede de saúde mental do Município de Campinas = Narratives of the everyday labour of users in workshops projects of income generation of the mental health network in the Campinas City
Title Alternative: Narratives of the everyday labour of users in workshops projects of income generation of the mental health network in the Campinas City
Author: Luiz, Carolina Con Andrades, 1979-
Advisor: Leal, Erotildes Maria
Abstract: Resumo: O presente mestrado pretende conhecer o trabalho em oficinas de geração de trabalho e renda do Núcleo de Oficinas e Trabalho (NOT) do Município de Campinas -S.P, a partir das narrativas dos oficineiros (usuários) que delas participam. O NOT, é um serviço que oferta treze diferentes oficinas de trabalho com atividades ligadas a confecção de produtos artesanais e de prestação de serviços nas áreas de alimentação e agricultura orgânica. Esta pesquisa propõem uma investigação qualitativa, dentro da perspectiva da pesquisa social, dada sua relevância em estudos sobre processos de saúde e adoecimento. Optamos pela utilização de grupos focais como ferramenta na coleta de dados e pela análise de enunciação, na qual o discurso é concebido como palavra em ato e a comunicação como processo em que ao mesmo tempo elaboram-se sentidos e operam-se transformações. O trabalho contou com uma usuária- pesquisadora que participou como observadora, anotadora durante os grupos, e contribuiu com sua experiência como especialista de sua própria história como usuária e militante da saúde mental. Participaram da pesquisa 06 oficineiros, de oficinas diferentes dentro do projeto, e que já desempenharam papel de representantes de suas oficinas em espaço formal de discussão do processo de trabalho e gestão das oficinas. Tendo como objetivos, conhecer se as oficinas contribuem com a produção de autonomia, de processos de empoderamento e superação do adoecimento, além de conhecer à partir das narrativas dos oficineiros, como se dá o cotidiano de trabalho nas oficinas nas relações entre os próprios oficineiros, entre os oficineiros e coordenadores e monitores das oficinas, e com a produção. As categorias encontradas e analisadas a partir das transcrições dos grupos focais, foram: adoecimento e trabalho; gestão e organização do trabalho no cotidiano das oficinas; sentidos atribuídos as oficinas; participação e aprendizado; percepção de si e superação do adoecimento e estigma. A análise das narrativas revela os vários sentidos atribuídos ao trabalho dentro da oficina, o sentido terapêutico ganha destaque principalmente quando o ganho financeiro torna-se baixo e o valor das trocas entre o grupo, o sentir-se melhor, diminuição da ociosidade, aparecem como justificativas para a participação na oficina. O sentido das oficinas como espaço de trabalho aumenta conforme o trabalho passa a ser registrado, ou o valor da bolsa torna-se mais substancial, quando precisam dar conta de um pedido grande. Neste caso fica evidente a potência dessa atividade no enfrentamento do estigma. A ideia de trabalho e terapia se misturam, dando sentido para a participação na oficina no cotidiano do trabalho. Trazem a ampliação e melhora das políticas relacionadas a saúde mental e engajamento nos movimentos da luta antimanicomial como fatores importantes na diminuição do estigma e melhora das condições de acompanhamento das pessoas com questões de saúde mental, além de maior divulgação do trabalho realizado por eles nas oficinas, forma de valorização como trabalhadores e não como loucos ou doentes, mas de pessoas que merecem muito respeito pela batalha cotidiana por alternativas de trabalho e cuidado da saúde

Abstract: This master degree aims to understand the work in projects of income generation of the Núcleo de Oficinas e Trabalho- NOT of Campinas - SP, from the narratives of the workshop participants. Núcleo de Oficinas de Trabalho (NOT) is a service specializes work and income generation workshops connected a psychosocial and mental health network in the city of Campinas - SP. The service offers thirteen different workshops with activities that range from the production of handcrafted products to feeding and organic agriculture. This research proposes a qualitative investigation from the perspective of social research, given its relevance in studies on health and illness process. We chose focal groups as instruments of data collection focal and the enunciation analysis, which is considered one of the most adequate techniques for qualitative investigation in health studies. In enunciation analysis, speech is considered as word in act and communication is considered as a process in which meanings are assimilated and transformation come to fruition. A user/researcher took part in this study as a watcher, taking notes during group sessions e contributing as an expert and with her own personal history as user and militant of mental health. Took part in this research 6 workshop participants from the project's different workshops that have undertaken the paper of representatives in their workshops in formal situation of discussion of the process of work and management of the workshops. The purpose of this study is to recognize if workshops contribute with production of autonomy, empowerment processes, recovery of illnesses and to know how is the everyday relationship between workshop participants, between workshop participants and coordinators and monitors and with their production. The categories identified and analyzed from the transcripts of the focal groups were illness and labour; management and organization of workshops everyday labour, workshop attributed meanings, learning and participation, perception of oneself and recovery of illness and stigma. The analysis of the narratives reveal indications that several meanings are attributed to the work within the workshop, the therapeutic sense is highlighted mainly when the financial gain becomes low and the value of the exchanges between the group, they feeling better, the decrease of the idleness, appear as justifications for the participation in the workshop. The meaning of the workshops as a work space increases as work becomes contracted, or the value of the scholarship becomes more substantial or when they need to account for a large order. In this case the power of this activity in the confrontation of the stigma is evident. The idea of work and therapy are mixed, giving meaning to the participation in the workshop in the daily work.They bring about the expansion and improvement of policies related to mental health and engagement in anti-asylum movement as important factors in reducing stigma and improving the conditions of follow-up of people with mental health issues, as well as greater dissemination of their work in the workshops, a way of valuing them as workers and not as crazy or sick, but as people who deserve a lot of respect for the daily battle for alternative work and health care
Subject: Saúde mental
Inclusão social
Participação cidadã
Narrativas pessoais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LUIZ, Carolina Con Andrades. Narrativas sobre o cotidiano de trabalho de usuários em oficinas de geração de trabalho e renda da rede de saúde mental do Município de Campinas = Narratives of the everyday labour of users in workshops projects of income generation of the mental health network in the Campinas City. 2017. 1 recurso online (96 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331739>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luiz_CarolinaConAndrades_M.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.