Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331273
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Título : Antonio Gramsci e a geopolítica : teoria e história
Otros títulos : Antonio Gramsci and geopolitics : theory and history
Autor : Amusquivar, Érika Laurinda, 1984-
Advisor: Bianchi, Alvaro, 1966-
Resumen : Resumo: O objetivo deste trabalho consiste em resgatar a dimensão espacial e analisar como a geopolítica aparece nos Cadernos do Cárcere e se traduz como um componente político. A pesquisa partiu do estudo da genealogia da geopolítica para se chegar às categorias espaciais no pensamento de Antonio Gramsci. Ao compreender que o conceito da geopolítica deriva de uma concepção de ações do Estado pautado pelo determinismo territorial, o autor introduz um nexo orgânico da geopolítica ao trabalhar suas ideias no sentido de que as categorias espaciais dependem de um processo histórico que envolve um desenvolvimento desigual e combinado entre espaço e política. O espaço, bem como as estratégias políticas, portanto, não são apriorísticos, mas se tornam parte constituinte do processo histórico. Dessa maneira, o objetivo foi reconstituir um mapa conceitual da geopolítica nos estudos carcerários e pensar Gramsci como teórico espacial que traduz a geopolítica como um componente político, uma vez que o espaço, segundo o autor, é constituído pelas relações de força. A partir da relação estabelecida entre espaço e relações de força na dinâmica capitalista, podemos chegar ao fenômeno de geopolítica

Abstract: The goal of this work is to rescue the spatial dimension and analyze how geopolitics appears in the Prison of Notebooks and translates itself as a political component. The research started from the study of the genealogy of geopolitics to reach the spatial categories in the thought of Antonio Gramsci. Understanding that the concept of geopolitics derives from a conception of state action guided by territorial determinism, Gramsci, in turn, introduces an organic nexus of geopolitics by working his ideas in the sense that spatial categories depend on a historical process that involves an uneven and combined development between space and politics. Space, as well as political strategies, therefore, are not aprioristics, but it becomes a constituent part of the historical process. Thus, the purpose was to reconstitute a conceptual map of geopolitics in prison studies and to think Gramsci as a spatial theorist who translates geopolitics as a political component, once space, according to the author, is constituted by strength relationships. From the established relation between space and strength relationships in the capitalist dynamic, we reach the phenomenon of geopolitics
Palabras clave : Gramsci, Antonio, 1891-1937
Ciência política
Geopolítica
Relações internacionais
Espaço e tempo
Language: Português
Editorial : [s.n.]
Fecha de publicación : 2018
Aparece en las colecciones: IFCH - Tese e Dissertação

Ficheros en este ítem:
Fichero Tamaño Formato  
Amusquivar_ErikaLaurinda_D.pdf7.19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.