Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330663
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Entre imagens e emblemas : turismo, patrimônio e a paisagem cultural em Pomerode/SC
Title Alternative: Between images and emblems : tourism, heritage and the cultural landscape in Pomerode/SC
Author: Gemente, Bárbara de Oliveira Ribeiro, 1989-
Advisor: Carvalho, Aline Vieira de, 1981-
Abstract: Resumo: A paisagem cultural no âmbito da preservação do patrimônio está relacionada à valorização de territórios onde tenham se desenvolvido relações peculiares entre as pessoas e o espaço físico. A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) foi a primeira a tornar o conceito uma tipologia do patrimônio ao inclui-lo na Lista do Patrimônio Mundial em 1992. Dentro dessa instituição, há uma tendência em associá-lo a contextos rurais e/ou com forte presença da natureza, como parques, sítios e etc. No Brasil, foi com a instauração da chancela da Paisagem Cultural Brasileira pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) que a tipologia adentrou na instituição. O primeiro exemplar reconhecido pelo IPHAN foi o Núcleo Rural de Testo Alto (Pomerode) e Rio da Luz (Jaraguá do Sul), em Santa Catarina. O local está situado em uma região que recebeu desde meados do século XIX imigrantes europeus, em sua maioria de origem germânica, e que por conta da política de demarcação dos lotes coloniais durante esse período, possui, ainda hoje, um número significativo de pequenas propriedades rurais de produção agrícola de subsistência. Investigou-se nessa pesquisa que as razões para a escolha desse local como primeira paisagem cultural brasileira são diversas. No âmbito da instituição de salvaguarda, as razões incluem tanto demandas internas da 11ª Superintendência Regional do IPHAN no estado de Santa Catarina e a posição estratégica ocupada por um de seus técnicos na época do reconhecimento, quanto a necessidade do IPHAN nacional em adequar-se aos parâmetros internacionais de classificação do patrimônio cultural. Porém, verificou-se durante a pesquisa que a noção de paisagem cultural como denotando uma associação entre Cultura e Natureza vinha sendo utilizada como estratégia de promoção da localidade há tempos, consolidando uma relação naturalizada entre paisagem e germanidade. Isto posto, formulou-se a hipótese de que houve ali uma espetacularização da paisagem, transformada em um cenário de lazer e em um bem de consumo comercializado no universo do Turismo Cultural. Essa dissertação teve como foco a investigação da produção e da divulgação de discursos, textuais e imagéticos, sobre a paisagem cultural do município de Pomerode. Dessa forma, optou-se por trabalhar com três principais fontes de pesquisa: a Prefeitura Municipal de Pomerode, no papel de produtor de uma imagem oficial do local; a Revista Quatro Rodas, funcionando nesse contexto como uma voz exógena que ofereceu pistas de como a cidade era mostrada para o restante do país; e o IPHAN, que produz discursos autorizados sobre o patrimonio. Concluiu-se que as continuidades narrativas encontradas nas três instituições demonstram a perpetuação de discursos hegemônicos sobre a memória, a história e o patrimônio do território em questão, ocultando outras realidades que coexistem na mesma paisagem. Por outro lado, sendo a paisagem também prática cultural, considera-se que a sua espetacularização serviu igualmente como ferramenta de negociação do Poder Público e da população local, auxiliando no fomento de políticas públicas e na conservação da cultura teuto-brasileira

Abstract: In the context of heritage preservation, cultural landscape is a territory in which unique relationships have arisen between people and their surroundings. The United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO) was the first to turn the concept of cultural landscape into a heritage typology by including it in the World Heritage List in 1992. Within this institution, there is a tendency to associate cultural landscapes with rural sites or with places with a strong presence of nature, such as parks. In Brazil, the Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN - National Institute of Historic and Artistic Heritage) introduced the Brazilian Cultural Landscape act in 2009. The first site recognized by IPHAN was the rural area of Testo Alto (Pomerode) and Rio da Luz (Jaraguá do Sul), in Santa Catarina. These locations have received many European immigrants, mostly of Germanic origin, since the mid-nineteenth century. Due to policies of demarcation of colonial lots during this period, the region still has a significant number of small rural properties of subsistence agriculture. This research aimed to investigate the reasons behind the choice of this place as the first Brazilian cultural landscape. Within the scope of the safeguard institution, the reasons include both the internal demands of the 11th IPHAN Superintendence in the state of Santa Catarina and the strategic position occupied by one of its technicians at the time of recognition, as well as a need for the national IPHAN to adapt to international parameters for the classification of cultural heritage. However, it was also noticed during the research that the idea of the landscape as a close association between Culture and Nature had been used as a strategy to promote tourism in the region, consolidating a naturalized relationship between landscape and the German culture. It was hypothesized that there has been a spectacularization of the landscape, transformed into a leisure scenario and a consumer good commercialized in the Cultural Tourism universe. For methodological reasons, this Masters¿ thesis focused on the investigation of the production and dissemination of speeches, text and imagery, about the cultural landscape of the municipality of Pomerode. Therefore, it was decided to work with three main sources of research: the Municipality of Pomerode, in the role of producer of an official image of the place; the Quatro Rodas Magazine, operating here as an exogenous voice that offered clues as to how the city was publicized to the rest of the country; and IPHAN, as an authorized institution of heritage. It was concluded that the narrative harmony found in the three institutions perpetuate hegemonic discourses on the memory, history and heritage of this territory, thus hiding other realities that coexist in the same landscape. On the other hand, since the landscape is also a cultural practice, it was additionally considered a negotiation tool for the government and the local population, helping to foster public policies and the conservation of the German culture
Subject: Patrimônio cultural - Pomerode (SC)
Paisagens - Brasil
Paisagens culturais - Brasil
Turismo cultural
Imigrantes
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GEMENTE, Bárbara de Oliveira Ribeiro. Entre imagens e emblemas: turismo, patrimônio e a paisagem cultural em Pomerode/SC. 2017. 1 recurso online (166 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/330663>. Acesso em: 2 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gemente_BarbaraDeOliveiraRibeiro_M.pdf4.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.