Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322795
Tipo: TESE DIGITAL
Título: O militante, o sacerdote, o missionário e o tecnoburocrata : uma investigação participativa acerca de modalidades do trabalho médico alienado na Atenção Primária do SUS Campinas  
Título(s) alternativo(s): The advocate, the shepherd, the missionary and the technobureaucrat : a participatory investigation about categories of alienated medical work in the primary health care of SUS Campinas
Autor(es): Terra, Lilian Soares Vidal, 1980-
Orientador: Campos, Gastão Wagner de Sousa, 1952-
Abstract: Resumo: Na construção do sistema de saúde brasileiro observamos que o trabalhador de saúde teve e tem papel central, tecendo as redes que compõe este vasto universo de práticas e saberes. Para que exerça esse seu papel, torna-se essencial que ele se aproprie de sua rotina, perceba-se inserido no sistema para além de seu local de trabalho, esteja motivado e disposto a desenvolver novas formas de trabalho que qualifiquem a rede de saúde e a aproximem do usuário. No entanto, o trabalho em saúde no contexto de uma sociedade mediada pelo consumo e na forma como é gerenciado o SUS, inspirado nos preceitos da Administração Científica, perde sentido e significado para o trabalhador. Nesta pesquisa, partimos da hipótese de que a perda da autonomia frente ao desenvolvimento tecnológico e à submissão da Medicina ao mercado do capital, desde a formação médica, bem como o gerencialismo no sistema público de saúde, proporcionaram o surgimento ¿ também no trabalho médico no Sistema Único de Saúde ¿ do processo de alienação, fenômeno descrito no início do período de industrialização e que permanece atual mesmo em se tratando de uma prática com importante dimensão subjetiva como é o trabalho em saúde. Assim, o objetivo geral dessa pesquisa foi investigar o modo como estas lógicas contraditórias influenciam o modo de organizar o trabalho médico na Atenção Primária em saúde. Por meio de pesquisa bibliográfica, entrevistas e observação participante, investigamos, descrevemos e analisamos o fenômeno de alienação entre médicos trabalhadores da Atenção Primária em Saúde de Campinas, buscando possibilitar a construção de estratégias para a ampliação da autonomia e responsabilidade sanitária dos trabalhadores da saúde

Abstract: In implementing the Brazilian Unified Health Care System (SUS in Portuguese) we observed that Health Care personnel have had a central role. They have weaved a broad net, which form a universe of practices and knowledge. So as to fulfill its part in that, it becomes essential that they get in on its routine likewise they realize themselves embedded in the Health Care System beyond the work place. Also, it is expected they must be motivated and willing to develop new ways that qualifies Health Care Services, and yet get around to patients. Nevertheless, work in SUS context, which is ruled by a society mediated by consumption meanwhile management practices based on The New Public Management Movement in the 1990¿s, also relied on principles of Scientific Administration, propitiates a loss of mean to the Health Worker. In the present research we supposed that the loss of autonomy ¿ since technological development and the submission of Medicine to the Global Market from its grassroots in medical school, as well as that new management approach in Brazil ¿ has allowed the rising of Alienation in Medicine Practice, as in the SUS medical practice alike. The Alienation phenomena, which is reported in the beginning of the first Industrial Revolution, has remained updated in contemporary times, even when faces a subjective practice as in Health Care work. Thus, the main goal of this study was to investigate how the modus operandi of its contradictory logics influences forms of organizing the medical practice in Primary Health Care. Through a Literature Review, Interviews and a Participant Observation we investigate, describe, and analyze the phenomena of Alienation among physician¿s workers of Primary Health Care in Campinas, Sao Paulo State, seeking to make viable strategies of fostering autonomy, and public health responsibility of Health Care Personnel as well
Palavras-chave: Processo de trabalho em saúde
Atenção primária à saúde
Médicos
Alienação (Filosofia)
Editor: [s.n.]
Data do documento: 2017
Aparece nas coleções:FCM - Dissertação e Tese

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Terra_LilianSoaresVidal_M.pdf2.8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.