Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322484
Type: TESE DIGITAL
Título : "Lá, sendo o lugar deles, é também o meu lugar" : pessoa, memória e mobilidade entre os Pankararu
Otros títulos : "There, being their place, it is also my place" : person, memory and mobility among the Pankararu
Autor : Lovo, Arianne Rayis, 1985-
Advisor: Arruti, José Maurício Paiva Andion, 1967-
Resumen : Resumo: Busco analisar nesta dissertação a noção de pessoa, memória e mobilidade entre os Pankararu, população indígena localizada na TI Pankararu, na aldeia Brejo dos Padres, em Pernambuco, e na favela do Real Parque, em São Paulo. Privilegiando a trajetória de uma história de família que vivenciou durante trinta anos esse "trânsito" entre aldeia e cidade, esse trabalho busca compreender os sentidos que a mobilidade adquire para o grupo. A mobilidade é aqui compreendida como um modo de produção de vida, ou seja, uma maneira específica de habitar o mundo. Ela põe em relação diferentes agentes (Estado, indígenas, não indígenas) e agências (memória, cura, encantados, saberes, sofrimento) produzindo novas territorialidades. Ao mesmo tempo, busco compreender aspectos relevantes da cosmologia e organização social do grupo. Para isso, alguns elementos como a casa, a memória, o asseio e o sofrimento são importantes pois se encontram intimamente interligados, nos dando subsídios para alargar nossa compreensão sobre a noção de pessoa Pankararu

Abstract: I seek to analyze in this dissertation the notion of person, memory and mobility among the Pankararu, an indigenous group located in the village Brejo dos Padres in Pernambuco, and in the slum of Real Parque, in São Paulo. Emphasizing the trajectory of a family history that lived during thirty years in the "back and forth" among village and city, this dissertation seeks to demonstrate the senses that mobility acquires for the group. Mobility is apprehended in this work as a way of producing life, that is, a specific way of inhabiting the world. It connects different agents (state, indigenous, non-indigenous) and agencies (memory, healing, encantados, knowledge, suffering) that produce new territorialities. At the same time, I seek to understand relevant aspects of the cosmology and social organization of the group. For this, some elements such as house, memory, purity and suffering are important because they are conected, giving us means to widen our understanding of the notion of person among the Pankararu
Palabras clave : Antropologia social
Memória
Migração
Etnologia
Índios Pankararu
Editorial : [s.n.]
Fecha de publicación : 2017
Aparece en las colecciones: IFCH - Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Tamaño Formato  
Lovo_ArianneRayis_M.pdf2.38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.