Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322481
Type: TESE DIGITAL
Title: O ensino de matemática na educação escolar indígena : (im)possibilidades de tradução
Title Alternative: The teaching of mathematics in indigenous school education : translation (im)possibilities
Author: Monteiro, Hélio Simplicio Rodrigues, 1971-
Advisor: Simoni, Jose de Alencar, 1953-
Abstract: Resumo: Este trabalho de pesquisa tem como objetivo compreender em que medida, tanto a tradução quanto a criação de novos termos para a língua indígena, cumpririam a intenção de transferência dos significados e levaria os indígenas ao conhecimento matemático tido como referência. O campo de pesquisa foi explorado entre os professores indígenas dos povos Xerente e Karajá. A problemática desta pesquisa surgiu do meu trabalho como professor/formador do curso de Formação Inicial em Magistério Indígena do Estado do Tocantins com esses povos, dentre os quais constatei que, em meio à língua materna, era utilizado o português exclusivamente para termos e expressões da matemática, fato que indicava a inexistência deles naquelas línguas indígenas. Diante disso, surge a questão: como lidar com a proposta, presente na literatura analisada, de se criar ou traduzir novas terminologias em línguas indígenas que denotem a linguagem matemática? O referencial teórico adotado se inspira nos conceitos de Jogos de Linguagem, Gramática, Formas de Vida, Uso e Semelhanças de Família, desenvolvidos pelo filósofo austríaco Ludwig Wittgenstein, assim como os estudos sobre Multiculturalismo e Etnomatemática e os Estudos da Tradução. Foram realizadas entrevistas com professores indígenas Xerente e Karajá. Contribuíram ainda com a análise dos dados, além do meu o diário de campo elaborado por ocasião do Curso de Formação Inicial em Magistério Indígena, em nível médio, ofertado pelo governo do Tocantins, assim como observação de uma aula de matemática em uma escola indígena de uma aldeia Xerente. A pesquisa revela que tanto a tradução de palavras da língua portuguesa para a língua indígena quanto a criação de novos termos para a língua indígena não cumpririam a intenção de transferência dos significados que levaria os indígenas ao conhecimento matemático tido como referência

Abstract: This research aims to understand how the translation and the creation of new terms in the indigenous languages, would meet the intent of transferring meanings and could lead the Indigenous to mathematical knowledge that they have as a reference. The field study was explored among the teachers of indigenous peoples Karajá and Xerente. The problem of this research came from my work as a teacher/trainer in a course of initial training in indigenous Magisterium of Tocantins with these indigenous people, among whom I found in the middle of the mother language was used the Portuguese solely for mathematics terms and expressions, a fact that indicates the absence of these terms in these indigenous languages. Therefore, the question arises: how to cope with the proposal, present in the literature that was analyzed, about create or translate new terminology in indigenous languages that denoting mathematical language? The theoretical framework adopted is based on the concepts of Languages Games, Grammar, Form of Life, Use and Family Resemblances, developed by the Austrian philosopher Ludwig Wittgenstein, as well as studies on Multiculturalism, Ethnomathematics and Translation. For the analyses we made interviews with indigenous teachers Xerente and Karajá. Also, contributed to data analysis a diary that I do during the Initial Training Course on Indigenous Teachers in middle level offered by the government of Tocantins, as well as observation of mathematics classes in an Indian school in a Xerente's village. This research reveals that both, the translation of the Portuguese word for the indigenous language as the creation of new terms of indigenous languages in order to convey the meanings that would lead the Indians to mathematical knowledge taken as a reference would not be met
Subject: Educação bilíngue - Estudos interculturais
Índios - Línguas
Tradução e interpretação - Estudo e ensino
Linguagem e linguas - Gramática
Etnomatemática
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Monteiro_HelioSimplicioRodrigues_D.pdf3.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.