Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322134
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Velhos caminhos, novas narrativas : a rota pedestre passos dos jesuítas - Anchieta, natureza e sociedade no litoral de São Paulo
Title Alternative: Old trails, new narratives : the pedestrian route steps of the jesuits - Anchieta, nature and society in the cost of São Paulo
Author: Mariuzzo, Patricia Nunes da Silva 1972-
Advisor: Carvalho, Aline Vieira de, 1981-
Abstract: Resumo: Em diálogo com o campo história cultural e história ambiental, a partir de uma perspectiva interdisciplinar, essa pesquisa teve como objetivo analisar a construção de narrativas oficiais sobre determinadas materialidades urbanas; arquitetadas com finalidade explícita de criar o patrimônio cultural e rotas turísticas específicas (dentro do contexto de mercantilização da cultura e do próprio patrimônio cultural). A metodologia se baseou em uma abordagem qualitativa, com opção pelo estudo de caso e pesquisa de campo. Nosso ponto de partida foi a crença de que o patrimônio ¿ seja ele cultural ou natural ¿ é uma construção discursiva que tem efeitos concretos que podem ser vivenciados pelos indivíduos, sejam eles da comunidade local ou turistas. A intenção foi pensar esses mecanismos narrativos a partir do estudo de caso do caminho Passos dos Jesuítas-Anchieta, no litoral do Estado de São Paulo, Brasil. Criada em 2011, é uma rota pedestre com 370 quilômetros, entre Peruíbe e Ubatuba. Para isso utilizamos os discursos oficiais produzidos pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, em materiais como o mapa da rota e o guia do caminhante, releases para imprensa, site do projeto), entrevistas com gestores das cidades envolvidas no projeto turístico e ainda entrevistas com os turistas/peregrinos que percorreram a rota, dentro de um recorte temporal de 2011 a 2014. Trabalhamos com a hipótese de que as narrativas sobre a cultura material e a criação dos patrimônios acabam por gerar um completo deslocamento desses patrimônios em relação aos seus próprios contextos culturais, espaciais e temporais. Concluímos, portanto, que, a despeito dos discursos oficiais afirmarem que o produto turístico Passos dos Jesuítas-Anchieta é um programa de turismo sustentável, a não participação das comunidades locais na idealização e manutenção do produto comprometeram essa pretensa sustentabilidade. Ao aderir uma visão tradicional entrega um passado esvaziado de conflitos. Finalmente, os discursos oficiais sobre as paisagens do litoral paulista refletem um modo específico de se relacionar com a natureza, transpassado pelo mito de uma natureza edênica, selvagem e intocada, e que pressupõe, na verdade, um afastamento do elemento humano

Abstract: In dialogue with the field cultural history and environmental history and from an interdisciplinary perspective, this research aimed to analyze the construction of official discourses of certain urban materiality; designed with explicit purpose of creating the cultural heritage and specific tourist routes (within the culture of the marketing context and own cultural heritage). The methodology was based on a qualitative approach, with the option of case study and field research. Our starting point was the belief that heritage - cultural or natural - is a discursive construction that has concrete effects that can be experienced by individuals, whether local or tourist community. Our intention was to think these narrative mechanisms from the case study of the route for pilgrimage and trekking "Passos dos Jesuítas-Anchieta", on the coast of São Paulo, Brazil. Created in 2011, it is a pedestrian route with 370 kilometers, between Peruíbe and Ubatuba. To achieve this goal we used the official discourses made by the Secretary of Tourism of the São Paulo State (map and guide of the walker, press releases, site of the project), interviews with managers of the cities involved in the tourism project and interviews with tourists / pilgrims who traveled the route within a time cut from 2011 to 2014. Our hypothesis was that the narratives of material culture and the creation of heritages eventually generate a complete displacement of this heritage in relation to their own cultural, spatial and temporal contexts. We therefore conclude that, despite official statements claiming that the tourism product "Passos dos Jesuítas" is a sustainable tourism program, the non-participation of local communities in idealization and maintain the product have disrupted this alleged sustainability. By joining a traditional vision of heritage, the Secretary of Tourism of the São Paulo State delivers a past without conflicts. Finally, the official discourses of the coast landscapes reflect a particular way of relating to nature, pierced with myth of Eden, a wild and untouched nature, and that assumes, in fact, a separation from the human element
Subject: Turismo cultural
Ecoturismo
Peregrinos e peregrinações
Narrativas
Interpretação do patrimônio natural e cultural
Editor: [s.n.]
Citation: MARIUZZO, Patricia Nunes da Silva. Velhos caminhos, novas narrativas: a rota pedestre passos dos jesuítas - Anchieta, natureza e sociedade no litoral de São Paulo. 2016. 1 recurso online (250 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/322134>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mariuzzo_PatriciaNunesdaSilva1972-_D.pdf4.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.