Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315786
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Poliquetas associados a bancos de mitilídeos de fundos não consolidados um uma região subtropical
Title Alternative: Polychaetes of soft-bottom mussel beds in a subtropical area
Author: Silva, Camila Fernanda, 1984-
Advisor: Amaral, Antonia Cecília Zacagnini, 1948-
Abstract: Resumo: Os bancos de mitilídeos consistem de uma matriz física de indivíduos vivos e mortos e fragmentos de concha, interconectados por um emaranhado de filamentos do bisso. O estudo da caracterização estrutural de dois bancos de mitilídeos (Mytella charruana) foi realizado entre abril de 2006 e fevereiro de 2007, nas praias Camaroeiro e Cidade (costa norte do Estado de São Paulo). Amostras mensais foram obtidas com o auxílio de um delimitador de 0,04 m2 de área, até 20 cm de profundidade, em três níveis do banco (inferior médio e superior). Foi analisada a densidade de M. charruana, bem como os parâmetros perfil praial, salinidade da água intersticial, temperaturas do ar e do sedimento, conteúdo de calcário e matéria orgânica do sedimento e granulometria. A densidade média mensal de M. charruana do banco Camaroeiro variou de 13,66 inds/0,04 m2 (dp = 12,09) a 46 inds/0,04 m2 (dp = 11,53), e a do banco Cidade, de 57,33 inds/0,04 m2 (dp = 54) a 156 inds/0,04 m2 (dp = 43,31). O perfil da Praia do Camaroeiro permitiu classificá-la como dissipativa e, o da Cidade, como intermediária do tipo terraço de baixamar. A salinidade média da água intersticial do Camaroeiro variou de 26,33 (dp = 4,04) a 33,33 (dp = 1,15) e a da Cidade, de 27,5 (dp = 3,53) a 33,33 (dp = 1,15). A temperatura média do ar variou de 17ºC (dp =0) a 30,5ºC (dp =0) e a do sedimento, de 18ºC (dp =0) a 29ºC (dp = 0), em ambos os bancos. O conteúdo médio de calcário e matéria orgânica oscilou entre 6,73% (dp = 2,58) e 10,59% (dp = 1,53) e entre 2,17% (dp = 1,26) e 6,07% (dp = 2,07), respectivamente, no Camaroeiro e entre 8,39% (dp = 2,53) e 12,13% (dp = 1,91) e entre 3,56% (dp = 0,22) e 6,11% (dp = 0,48) na Cidade. A fração do sedimento predominante em ambos os bancos foi a de areia muito fina, com algumas variações ao longo do ano, e classificada principalmente como pobre a moderadamente selecionada. Ao final do período de estudo, os bancos de mitilídeos desapareceram, mas devem surgir novamente ao longo do tempo. Esse fato ocorre devido à dinâmica populacional e/ou reprodutiva de Mytella charruana, organismo estruturador dos bancos, e também à morfodinâmica praial dessa região

Abstract: Mussel beds are aggregations of live and dead mussels, shell fragments and byssus thread. The structural characterization of two soft-bottom mussel beds of Mytella charruana was studied between April 2006 and February 2007 at Camaroeiro and Cidade beaches (northern coast of São Paulo State). Mensal samples were taken with a 0,04 m2 corer, until a depth of 20 cm, in the lower, middle and upper levels of the beds and analyzed the density of M. charruana, beach slope, interstitial salinity, sediment and air temperatures, calcareous and organic matter content of the sediment and granulometry. The mean density of M. charruana ranged between 13,66 inds/0,04 m2 (sd = 12,09) and 46 inds/0,04 m2 (sd = 11,53) at Camaroeiro, and between 57,33 inds/0,04 m2 (sd = 54) and 156 inds/0,04 m2 (sd = 43,31) at Cidade. The Camaroeiro beach slope enabled the classification of the beach as a dissipative state while the Cidade beach slope, as a low-tide terrace. The mean Camaroeiro interstitial salinity ranged between 26,33 (sd = 4,04) and 33,33 (sd = 1,15); and the mean Cidade interstitial salinity ranged between 27,5 (sd = 3,53) and 33,33 (sd = 1,15). Mean air temperature ranged between 17ºC (sd = 0) and 30,5ºC (sd = 0) and mean sediment temperature, between 18ºC (sd = 0) and 29ºC (sd = 0), in both mussel beds. Mean calcareous and organic matter contents ranged, respectively, from 6,73% (sd = 2,58) to 10,59% (sd = 1,53) and from 2,17% (sd = 1,26) to 6,07% (sd = 2,07) at Camaroeiro and ranged, respectively, from 8,39% (sd = 2,53) to 12,13% (sd = 1,91) and from 3,56% (sd = 0,22) to 6,11% (sd = 0,48) at Cidade. The granulometric composition of both mussel beds was very similar, with a predominance of moderate and poorly-sorted fine sand. At the end of the study period, the mussel beds disappeared, but must appear again with time. This can happen due to the population and/or reproductive dynamic of Mytella charruana, the organism who structures the mussel beds, and also due to the beach morphodynamic of the area
Subject: Poliqueta
Mytilidae
Substrato inconsolidado
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Camila Fernanda. Poliquetas associados a bancos de mitilídeos de fundos não consolidados um uma região subtropical. 2013. 92 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315786>. Acesso em: 22 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_CamilaFernandada_M.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.