Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/315248
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Crescimento de Vernonia cognata Less., uma especie herbacea de cerrado
Author: Cesarino, Fabiano
Advisor: Zaidan, Lilian Beatriz Penteado
Zaidan, Lilian B. P.
Abstract: Resumo: Aquênios de Vernonía cognata Less, uma espécie herbácea perene de cerrado, foram coletados no Horto Florestal da Fepasa no município de São Carlos (SP) e armazenados em frascos de vidro âmbar em geladeira e à temperatura ambiente. Foram realizados testes de germinação bimestrais a 25°C e 15°C para verificação do período de viabilidade das sementes.Também foi estudado o crescimento de plantas em solo de mata, em casa de vegetação sob fotoperíodo não controlado (fotoperíodo natural), assim como nos fotoperíodos de 8, 14 e 20 horas diárias de luz: estes últimos consistiram de oito horas de luz natural em casa de vegetação e complemento do período de iluminação em câmaras com lâmpadas fluorescentes e incandescentes, com uma energia total de 3,5 J1Em-2.s-1. A floração nestas plantas foi avaliada através da determinação do número de plantas com capítulos, do número de dias decorridos para a formação destes, e do número de capítulos por planta. Além do comprimento e número de folhas, foram determinadas as massas de matéria fresca e seca mensalmente para 9 plantas de cada tratamento. Estes dados foram utilizados para o cálculo dos parâmetros : taxa média de crescimento relativo (TCR) e suas frações constituintes referentes à parte aérea (TCRA)e subterrânea (TCRS), taxa média de assimilação líquida (TAL),taxa média de assimilação aparente (TAA),razão de área foliar (RAF)e área foliar específica (AFE). Ao final do experimento foi feita a extração fracionada dos frutanos existentes na parte aérea e na parte subterrânea das plantas sob fotoperíodos controlados. o armazenamento em geladeira manteve a viabilidade dos aquênios de v. cognata por um ano, enquanto o armazenamento em temperatura ambiente revelou-se pouco propí~io à manutenção da viabilidade dos aquênios, comprovado pelo tratamento estatístico feito para os testes de germinação. o crescimentode plantasde v. cognataem dias curtos de 8 horasfoi significativamentê menor que o dos demais tratamentos em quase todos os parâmetros analisados aos três e quatro meses de experimento. No entanto, estas plantas acumularam mais frutanos por massa seca em ambas as partes analisadas. Os resultados obtidos nos fotoperíodos de 14 horas e 20 horas foram muito semelhantes entre si quanto ao crescimento, tendo as plantas do último tratamento florescido- antes e produzido mais capítulos por planta. No tratamento de 8 horas não houve floração. O acúmulo de matériana parte subterrâneade plantasem dias longos de 14 horas e 20 horas manteve-se constante e equivalente ao acúmulo de matéria na parte aérea, ao contrário das plantas em 8 horas que acumularam proporcionalmente mais na parte subterrânea.A partir do início da floração, nota-se um maior acúmulo de matéria na parte subterrânea, denotando a partilha de drenos, em função do que é utilizado para floração e para o acúmulo de reservas. Atribui-se este fato ao acelerado crescimento das plantas em dias longos, quando a fotossíntese é fortemente influenciada pela demanda do dreno, conforme reportado na literatura. Esta característica do crescimento de v. cognata é confirmada pelos valores-de TCR,TM e TAL, assim comOpela correlação positiva encontrada entre - esses parâmetros derivados de crescimento
Subject: Crescimento (Plantas)
Vernonia
Cerrados
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CESARINO, Fabiano. Crescimento de Vernonia cognata Less., uma especie herbacea de cerrado. 1996. 76f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/315248>. Acesso em: 21 jul. 2018.
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cesarino_Fabiano_M.pdf22.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.