Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/307067
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Criação e implantação do museu de Ciencias Naturais da Universidade Federal do Piaui : sintese historica e evidencia educacional
Author: Franklin, Bonifacio Pires
Advisor: Pires, Fernando Dias de Avila
Abstract: Resumo: Em 1977, quando se ministravam aulas de Ciências Naturais para alunos do Departamento de Biologia da Universidade Federal do Piauí-UFPI percebeu-se a necessidade de torná-las mais práticas e coerentes com um ensino mais dinâmico e significativo. Para solução desse problema, apoiou-se no uso de materiais concretos da Botânica, da Zoologia e da Geologia. Como nem sempre era possível seu uso imediato, tentou-se preservá-los em quatro compartimentos do laboratório de Biologia para as eventuais necessidades; mas com o passar do tempo, conseguiu-se aumentar, consideravelmente, a quantidade desse material a ponto de, por ocasião da V Jornada Universitária da UFPI e da visita do publico, ser solicitada sua exposição. Observou-se nele grande atração, elucidação e significação para o ensino das Ciências Naturais, surgindo, consequentemente, a necessidade de estimular uma pesquisa mais aprofundada e conseguir um local para sua exposição permanente., estudo e preservação. Daí, nasceu a idéia de criação de um museu, embora não se tivesse uma concepção clara a esse respeito. Nessa época recebeu-se convite para cursar mestrado em ensino de Ciências e Matemática na Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP, São Paulo, em convênio OEA-MEC-UNICAMP. Iniciado o curso, com a orientação de renomados professores nacionais e estrangeiros, desenvolveu-se uma serie de estudos sobre museu e com base na elaboração de projeto, decidiu-se criar e implantar o Museu de Ciências Naturais na UFPI. Ao retornar a Teresina, diversos contatos foram mantidos com autoridades ligadas direta ou indiretamente ao sistema de educação, visando à realização de uma exposição do projeto e receber apoio necessário para sua execução. Apesar do apoio recebido, pequenos foram os recursos que se obteve. Daí em diante, ao longo de dois anos, conseguiu-se executá-lo,conforme os recursos disponíveis. Nesse período, realizaram-se as seguintes atividades: - curso de museologia de 20 horas/aula para professores e alunos do Departamento de Biologia da UFPI, objetivando sensibilizar a comunidade universitária local e divulgar o papel do Museu de Ciências no ensino e na aprendizagem; - exposição do projeto no I Congresso Nordestino de Zoologia, por solicitação de sua coordenação; - seminário sobre Museologia de 8 horas/aula para professores e alunos do Departamento de Biologia da UFPI, solicitado por aquele departamento; estagio em Museologia de 90 horas/aula para professores e alunos do Departamento de Biologia da UFPI e para coordenadores e professores do ensino de 29 grau da rede estadual, objetivando a preparação de pessoal e a ampliação do acervo do museu; - convênio com o zoobotânico local, objetivando por doação, animais mortos daquele parque de lazer; - convênio com a coordenação de Assistência ao Estudante da UFPI, através da Pro - Reitoria de Extensão e da Pro - Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, objetivando adquirir apoio de alunos bolsistas para os trabalhos de preparação e organização do museu; - entendimento como alguns professores e alunos do Departamento de Biologia da UFPI, objetivando conseguir exemplares e coleções resultantes de seus estudos, trabalhos de campo e de laboratório; - várias excursões científicas de apoio ao ensino e aos trabalhos museologicos. Como resultado dessas atividades, conseguiu-se preparar e organizar o Museu de Ciências Naturais que, a partir dai começou a apoiar o ensino de ciências e a oferecer informações ao publico em geral

Abstract: The necessity for making Natural Sciences classes more practical and in accordance with dynamic and meaningful teaching principles, was felt in 1977, when those classes were being given to students belonging to the Department of Biology, at the Federal University of Piauí (UFPI). The employment of actual materials concerning Botany, Zoology and Geology served as one of the requirements to satisfy those needs. Since the immediate employment of those materials was not always possible, they were kept in 11 four compartments in the Biology laboratory, for occasionaly needs; the considerable increase in the quantity of those materials was so impressive that, as a result, their exhibition was requested, at the time of the 5th University Journey and after some visits by the public. Those materials proved to be attractive, elucidative and significant as to the teaching of Natural Sciences, and also acted as a stimulus for further research, permanent display and preservation. This gave tise to the idea of creating a museum, although no clear notion in this respect had been acquired so far. By that time, an invitation to attend a post graduation course in Sciences and Mathematics teaching at the State University of Campinas (UNICAMP) was received. During the course, which was held by .distinguished Brazilian and foreign teachers, a series of studies about museums was developed and a project was devised as the basis for the creation of the Natural Sciences Museum at the UFPI. (To be Continued¿)
Subject: Museus de historia natural - Piaui
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FRANKLIN, Bonifacio Pires. Criação e implantação do museu de Ciencias Naturais da Universidade Federal do Piaui: sintese historica e evidencia educacional. 1981. 132f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Matematica, Estatistica e Ciencia da Computação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/307067>. Acesso em: 15 jul. 2018.
Date Issue: 1981
Appears in Collections:IMECC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Franklin_BonifacioPires_M.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.