Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286533
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Trabalho e padrão de desenvolvimento : uma reflexão sobre a reconfiguração do mercado de trabalho brasileiro
Title Alternative: Labor and development pattern : a reflection about the reconfiguration of the Brazilian labor market
Author: Oliveira, Tiago, 1980-
Advisor: Proni, Marcelo Weishaupt, 1964-
Abstract: Resumo: O estudo ora apresentado pretende colocar em discussão o significado do processo atual de reconfiguração do mercado de trabalho brasileiro, iniciado em 2004, destacando seus principais elementos, determinantes e obstáculos. De modo mais específico, as reflexões presentes nesta tese de doutorado têm como objetivos: a) analisar de que forma a adoção de um novo padrão de desenvolvimento condicionou a dinâmica do mercado de trabalho brasileiro e a sua nova configuração; b) ponderar acerca dos limites intrínsecos à estratégia de crescimento neoliberal na tarefa de superar os traços persistentes de subdesenvolvimento do mercado de trabalho brasileiro; c) e, finalmente, examinar se a reconfiguração em curso representa uma tendência à superação dos problemas estruturais deste mercado de trabalho. Assim sendo, defende-se que, muito embora o excedente de mão de obra, a informalidade, os baixos salários, a alta rotatividade e a desigualdade de rendimentos continuem sendo problemas crônicos, os determinantes estruturais da organização e funcionamento do mercado de trabalho se alteraram decisivamente no capitalismo contemporâneo. Além do mais, a nova divisão internacional do trabalho, as tendências de polarização e precarização do mercado de trabalho e de flexibilização das relações de emprego na Europa alteraram os termos do debate sobre a estruturação do mercado de trabalho e o padrão de emprego desejado, assim como da discussão sobre as políticas necessárias para a solução dos referidos problemas. Nesse contexto, trava-se no Brasil uma disputa entre dois discursos distintos no que tange ao tema "desenvolvimento e mercado de trabalho": o discurso neoliberal e o social-desenvolvimentista, derivando de cada um deles diferentes implicações sobre a dinâmica do mercado de trabalho. Diante desse debate, argumenta-se que a estratégia de crescimento neoliberal é incapaz de enfrentar os problemas crônicos inerentes a um mercado de trabalho subdesenvolvido como o brasileiro. Ao final do presente estudo, espera-se ter reunido argumentos para discutir a seguinte hipótese: a superação dos traços herdados do passado (responsáveis pela reprodução da pobreza extrema e das desigualdades socioeconômicas) e a consolidação de um mercado de trabalho condizente com a nova inserção do País na economia mundial e com os avanços no campo da cidadania e dos direitos sociais dependem, em última instância, da viabilidade de sustentação do novo padrão de desenvolvimento gestado na década passada

Abstract: The study presented here discusses the meaning of the current process of reconfiguration of the Brazilian labor market, started in 2004, highlighting its main elements, determinants and obstacles. More specifically, this doctoral thesis has the following objectives: a) to analyze how the adoption of a new development pattern conditioned the dynamics of the Brazilian labor market and its new setting; b) to identify the intrinsic limitation of a neoliberal growth strategy to overcome the persistent characteristics of underdevelopment of the Brazilian labor market; c) and finally to examine whether the ongoing reconfiguration has the potential to overcome the structural problems of the labor market. Therefore, it is argued that, although the labor surplus, informality, low wages, high turnover and income inequality continue to be chronic problems, the structural determinants of the organization and functioning of the labor market have changed decisively in contemporary capitalism. Moreover, the new international division of labor, the trends of polarization and precarious labor market and flexibilization of the labor relations in Europe changed the terms of the debate about the structure of the labor market and the intended job patterns, as well as the discussion on the policies needed to solve those problems. In this context, in Brazil two different discourses regarding the theme "development and the labor market" are in dispute: the neoliberal and the social-developmentalism, each one with implications for the dynamics of the labor market. Given this debate, it is argued that the neoliberal growth strategy is unable to address the inherent chronic problems of an underdeveloped labor market as is the Brazilian. This study gathers arguments to discuss the following hypothesis: overcoming the inherited traits of the past (responsible for the reproduction of extreme poverty and socioeconomic inequalities) and the consolidation of a consistent labor market with the new insertion of the country into the global economy and the advances in the field of citizenship and social rights depend, ultimately, on the new development pattern conceived in the last decade
Subject: Mercado de trabalho
Desenvolvimento e subdesenvolvimento
Neoliberalismo
Editor: [s.n.]
Citation: OLIVEIRA, Tiago. Trabalho e padrão de desenvolvimento: uma reflexão sobre a reconfiguração do mercado de trabalho brasileiro. 2015. 247 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286533>. Acesso em: 26 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_Tiago_D.pdf2.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.