Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286352
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Trabalhadores de baixos salários num contexto de globalização neoliberal = estudo de caso da classe trabalhadora na Tanzânia
Title Alternative: Neoliberal globalization and the new class of working poor : a case study of the working class in Tanzania
Author: Shungu, Likele Hamidu
Advisor: Proni, Marcelo Weishaupt, 1964-
Abstract: Resumo: Acredita-se que o emprego é a melhor maneira de combater a pobreza. O governo da Tanzânia, após a adoção de políticas neoliberais, esperava que uma economia de mercado criasse empregos produtivos que aumentariam a renda da classe trabalhadora. O que motiva o autor a realizar este estudo é o fato de que, após o início da globalização neoliberal, houve uma criação e a reprodução do grupo de pessoas que estão trabalhando, mas elas ainda são pobres: os "trabalhadores pobres".Portanto, este estudo, através da utilização de fontes secundárias, tentou entender os impactos das reformas neoliberais sobre a criação e a reprodução do grupo de trabalhadores pobres. Ao invés de empregos de qualidade, recebemos empregos sem qualidade que se caracterizavam por baixos salários.O estudo veio com a descoberta de que algumas tendências - privatizar ou sacrificar os serviços sociais para as forças de mercado, através de políticas de distribuição de renda, fiscal, monetária e comercial, bem como a flexibilização da legislação trabalhista - contribuiu com o surgimento de baixa e má qualidade dos empregos e com a diminuição do salário real dos setores que foram deixados para enfrentar as forças do mercado. Este estudo deverá beneficiar os políticos e os atores sociais, dando-lhes argumentos para melhores políticas que aumentem a renda da classe operária e transformem a sociedade tanzaniana, de trabalhadores pobres para trabalhos de qualidade e dignos

Abstract: Employment was believed to be the best way to tackle poverty. The Tanzanian government after adopting neoliberal policies from socialism expected that a market economy would create productive jobs that would increase income of the working class. What motivates the writer to undertake this study is the fact that, prior to the onset of neoliberal globalization, there have been a class of people who are working, but yet they are still poor: "the working poor". Therefore this study through the use of secondary sources attempted to understand the impacts of neoliberal reforms to the creation of the working poor. Instead of decent and productive work we receive unproductive and non decent jobs. The study came with the findings that some tendencies - privatizing or sacrificing social service for market forces, through policies for distribution of income, fiscal, monetary and trade policies as well as flexibilization of the labour law - contributed to the rise of unproductive jobs and decline of real income of sectors that were left to confront market forces. This study is beneficial for policy makers and social actors by giving them arguments for better policies that would increase income of the working class and transform Tanzanian society from working poor to productive and decent jobs
Subject: Trabalhadores - Tanzânia
Neoliberalismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SHUNGU, Likele Hamidu. Trabalhadores de baixos salários num contexto de globalização neoliberal = estudo de caso da classe trabalhadora na Tanzânia. 2010. 88 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286352>. Acesso em: 16 ago. 2018.
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Shungu_LikeleHamidu_M.pdf992.29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.