Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283861
Type: TESE DIGITAL
Title: Obstacles to Return-to-Work Questionnaire : adaptação cultural e avaliação das qualidades psicométricas no contexto brasileiro
Title Alternative: "Obstacles to Return-to-Work Questionnaire" : cross-cultural adaptation and psychometric properties evaluation in a Brazilian context
Author: Milani, Daniela, 1984-
Advisor: Alexandre, Neusa Maria Costa, 1954-
Abstract: Resumo: Introdução: Distúrbios osteomusculares estão entre os principais responsáveis pela incapacidade para o trabalho, pelo absenteísmo e pelos altos custos com o pagamento de indenizações. Muitos trabalhadores, quando são afastados do trabalho, apresentam dificuldades para retornar às atividades laborais. Desta forma, entender e avaliar os obstáculos para retorno ao trabalho é importante no sentido de auxiliar esses trabalhadores a encontrar estratégias de enfrentamento para que possam se adaptar novamente ao trabalho. Os raros questionários sobre retorno ao trabalho são puramente físicos e/ou psicológicos e dificilmente abrangem questões relativas ao ambiente laboral. O Obstacles to Return-to-Work Questionnaire (ORTWQ) foi desenvolvido na Suécia, é multidimensional, inclui fatores biopsicossociais, ambientais e tem se mostrado um bom preditor de afastamento ao trabalho devido a doenças. Objetivos: adaptar culturalmente o ORTWQ para o contexto brasileiro e avaliar as suas propriedades psicométricas em trabalhadores afastados do trabalho devido a distúrbios osteomusculares. Métodos: O processo de adaptação cultural seguiu cinco etapas: tradução, síntese, retrotradução, avaliação por comitê de especialistas, e pré-teste. A validade da estrutura fatorial do ORTWQ foi analisada por meio da técnica de Análise Fatorial Confirmatória. Os índices de ajustamento do modelo bem como a saliência das cargas fatoriais foram verificados. A validade convergente da estrutura fatorial foi estimada pela Variância Extraída Média e a validade de construto convergente por meio da análise de correlação entre o ORTWQ e outras escalas específicas utilizando-se do coeficiente de correlação de Spearman. A consistência interna, estabilidade (teste-resteste) e praticabilidade também foram avaliadas. Resultados: Foram necessárias algumas alterações no ORTWQ a fim de que a versão brasileira fosse considerada adequada para uso no Brasil. Um total de 301 participantes completou o ORTWQ e a média de idade foi 45,0 (9,9) anos. O modelo original com os 55-itens distribuídos em nove domínios não se mostrou completamente adequado em relação a todas as propriedades psicométricas avaliadas nesse estudo. As correlações entre o ORTWQ e as outras escalas se mostraram apropriadas para quase todos os domínios, assim como a consistência interna, estabilidade (teste-reteste) e praticabilidade. O modelo com os 55-itens foi refinado e outro com 40-itens foi sugerido. Este se mostrou mais adequado, parcimonioso e com valores satisfatórios na análise de correlações, na consistência interna e estabilidade. Conclusão: Este estudo disponibilizou uma ferramenta adaptada ao contexto brasileiro que pode contribuir para avanços no campo da saúde ocupacional e reabilitação no Brasil. É importante que futuras pesquisas busquem aperfeiçoar, refinar e testar o ORTWQ em outras amostras para que de fato ele tenha potencial clínico e possa auxiliar no desenvolvimento de intervenções voltadas para o retorno ao trabalho

Abstract: Introduction: Musculoskeletal disorders (MSD) are among the main responsible for work disability, absenteeism and high costs of severance payments. Many workers in sick-leave due to MSD present difficulties to return to work activities. Thus, understand and assess the obstacles to return to work is important in order the workers can learn adaptive coping strategies and plan appropriate interventions aimed at reducing the long periods of work disability and in order. Questionnaires about return to work are rare and they are mainly physical and/or psychological and hardly address work environment aspects. The Obstacles to Return-to-Work Questionnaire (ORTWQ) was developed in Sweden, it is multidimensional including biopsychosocial and environmental factors and has been a good predictor of work sick-leave. Aims: Culturally adapt the ORTWQ to the Brazilian context and evaluate its psychometric properties in workers in sick-leave due to musculoskeletal disorders. Methods: The culture adaptation process followed five steps: translation, synthesis, back-translation, expert committee evaluation and pretest. Confirmatory Factor Analysis was conducted to evaluate the factor structure validity of the ORTWQ. Model fit indexes and salience of the factor loadings were assessed. The convergent validity of the factor structure was estimated using the Average Variance Extracted. The correlational analysis was verified using the Spearman correlation coefficient between the ORTWQ and other specific tools. Internal consistency, stability (test-retest) and feasibility were also assessed. Results: Some changes were needed in ORTWQ in order the Brazilian version was considered adequate for use in Brazil. A total of 301 participants completed the ORTWQ and the mean age was 45.0 (9.9) years. The original 55-items model of the ORTWQ combined into nine subscales has not presented complete adequacy regarding all the psychometric properties assessed in this study. The correlations between ORTWQ and the other questionnaires were appropriate for almost all subscales, as well as, the internal consistency, the stability and the feasibility. In order to obtain a better fit, the 55-items model was refined and other model with 40-items suggested. This model presented to be more suitable and parsimonious with adequate values for internal consistency, stability (test-retest), and for correlational analysis. Conclusion: This study has provided culturally adapted tool to the Brazilian context that can contribute to advances in the Occupational Health and Rehabilitation field in Brazil. It is important that future studies seek to improve, refine and test the ORTWQ further in other work population, so that it be able to assist in the development of return-to-work interventions indeed
Subject: Doenças musculoesqueléticas
Retorno ao trabalho
Saúde do trabalhador
Questionários
Reprodutibilidade dos testes
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Milani_Daniela_D.pdf7.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.