Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280096
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Os novos barbaros : escritores e comunismo no Brasil (1928-1948)
Author: Palamartchuk, Ana Paula
Advisor: Hall, Michael M. (Michael McDonald), 1941-
Hall, Michael McDonald
Abstract: Resumo: O objetivo desta tese é compreender a aproximação dos escritores brasileiros com o movimento comunista, entendido como um conjunto de idéias difusas ligadas à União Soviética, à Internacional Comunista e aos partidos comunistas nacionais, entre 1928 e 1948. O recorte cronológico leva em conta, por um lado, os momentos de "eventos históricos", nos quais há maior visibilidade da aproximação dos intelectuais com o Partido Comunista do Brasil- Seção Brasileira da Internacional Comunista e, por outro, as temáticas da "cultura" que organizam as diferentes intervenções sociais dos escritores e que fornecem outros aspectos dessa aproximação mais difusa e menos orgânica. Essa abordagem permite desviar o olhar da "linha política oficial" do PCB ou da IC em relação aos escritores, direcionando-o para suas temáticas próprias como profissionais e produtores de uma literatura. Uma matriz obreirista da identidade comunista acabou se traduzindo na arrogância e na desconfiança da direção do partido em relação aos intelectuais de uma forma geral, o que resultou numa quase imobilidade vertical deles nos aparelhos de direção. Através da descrição problematizada de Astrojildo Pereira, Caio Prado Júnior, Jorge Amado e Graciliano, procura-se observar a simpatia com a qual recebiam as experiências da União Soviética, a sedução pelo comunismo, a aproximação com o Partido Comunista, as suas relações entre si e com outros intelectuais, as suas produções. Procura-se também indagar as formas como o partido os recebeu e enquadrou ao longo de duas décadas, como se posicionou face à criação intelectual e à sua intervenção política e social

Abstract: This thesis focuses on the involvement of Brazilian writers with the communist movement, understood as a set of diffuse ideas related to the Soviet Union, to the Communist International and to national communist parties, between 1928 and 1948. This period encompasses crucial historical moments of the relationship between intellectuals and the Communist Party of Brazil (Brazilian Section of the Communist International). It also permits an examination of" cultural" themes related to their social interventions that provide other diffuse and less organic aspects of this relationship. This approach allows us to avoid the official political trends of the Communist Party and the Communist International. Instead, it aims at crediting the writers as professionals and producers of a specific literature. By those years, an arrogant and distrustful attitude of the party leadership towards intellectuals in general resulted in their virtual immobilization in the directive apparatus. Through a critical description of the experiences of Astrojildo Pereira, Caio Prado Júnior, Jorge Amado, and Graciliano Ramos, this thesis investigates their empathy towards the Soviet Union experiences, their seduction by communism, their involvement in the Communist Party, their relationship with other intellectuals, as well as their intellectual production itself It also discusses how the Communist Party dealt with them throughout those two decades
Subject: Comunismo
Intelectuais e politica
Literatura brasileira
Escritores brasileiros - Biografia
Brasil - História - Estado Novo - 1937-1945
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PALAMARTCHUK, Ana Paula. Os novos barbaros: escritores e comunismo no Brasil (1928-1948). 2003. 383p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280096>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Palamartchuk_AnaPaula_D.pdf27.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.