Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275243
Type: TESE
Title: O efeito posterior duradouro de treinamento (EPDT) das cargas concentradas de força : investigação a partir de ensaio com equipe infanto juvenil e juvenil de voleibol
Title Alternative: Long-lasting training-effect (EPDT) of concentrated strenght training loads investigation on volley-ball athletes from "infanto-juvnil" and juvenil age groups"
Author: Oliveira, Paulo Roberto de, 1948-
Abstract: Resumo: O principal objetivo desta pesquisa foi analisar o fenômeno do Efeito Posterior Duradouro de Treinamento (EPDT) decorrente de uma etapa (A) de carga concentrada de força durante o ciclo anual de treinamento. Adotou-se uma abordagem longitudinal com o intuito de controlar a dinâmica da alteração de diferentes capacidades condicionais e coordenativas (velocidade máxima de deslocamento, força explosiva e rápida), de acordo com os macrociclos, etapas e microetapas que compuseram a estrutura temporal do processo de treinamento. A amostra foi composta de 21 (vinte e uma) atletas, do sexo feminino, sendo onze da categoria infanto-juvenil (idade variando entre 15,8 - 17,1 e média de 16,3 anos) e 10 (dez) da categoria juvenil (idade variando entre 16,3 - 20,1 e média de 18,1 anos), pertencentes a equipe de voleibol do Serra Negra Esporte Clube Estado de São Paulo). Com base na análise estatística dos dados, obtidos através do calculo da média, desvio padrão e Tukey HSD post-hoc e, observado o nível de significância, fixado em p< 0,05 (5%), foi possível concluir que a atleta jovem submetida durante a etapa inicial de treinamento (A), à uma carga concentrada de força de notável volume, composta de exercícios de preparação geral e preparação especial, apresentou alteração positiva ou negativa da homeostase da capacidade de rendimento. Esta alteração manifestou-se em diferentes níveis de intensidade e tempo de duração, seguido de um crescimento ou não destes índices a um nível superior, após a diminuição do volume da carga, obedecendo a uma dinâmica característica da faixa etária, diferentemente do modelo da dinâmica apresentada pelos atletas de alto nível. Também, verificou-se que a magnitude da manifestação do fenômeno do EPDT nas etapas B e C, respectivamente, pré-competitiva e competitiva, apresentou estreita relação com a magnitude da alteração da homeostase obtida na etapa inicial (A). No caso da equipe infanto-juvenil, a alteração positiva moderada de longa duração da homeostase (APMLD) apresentou a mais alta eficácia em relação à magnitude da manifestação do EPDT da velocidade máxima de deslocamento, enquanto que, a alteração positiva profunda de longa duração (APPLD), positiva moderada de longa duração (APMLD) apresentou a mais alta eficácia em relação à magnitude da manifestação do EPDT da força explosiva e rápida. No caso da equipe juvenil, a alteração positiva profunda de longa duração (APPLD), positiva moderada de longa duração (APMLD) apresentou a mais alta eficácia com relação a magnitude da manifestação do EPDT da força explosiva e rápida, enquanto que, a alteração positiva moderada de longa duração da homeostase (APMLD) apresentou a mais alta eficácia com relação a magnitude da manifestação do EPDT da velocidade máxima de deslocamento. Acredita-se que o controle da alteração da homeostase e sua relação com a magnitude do EPDT constitua-se em um novo enfoque metodológico, fundamental para melhor adequação dos estímulos de treinamento para os atletas jovens

Abstract: The Long-Lasting Training Effect (EPDT) of concentrated strength training loads - Investigation on Volley-Ballathletes from "infanto-juvenil"and "juvenil age groups" The main purpose of this study was to analyse the phenomena of the load of strength training (A) during the annual training cycle. It was used a longitudinal approach aiming to control the dynamics of changes in different conditionig and coordenative variables, such as maximal speed, explosive strength, in accordance with the macrocycles, periods and microperiods that constituted the time strutureof training processo The sample was constituted of 21 female athletes, 11 from the "infanto-juvenil"age group (age ranging from 15.8 to 17.1 years, mean = 16.3 years) and 10 from the "juvenil" age group (age ranging from 16.3 to 20.1 years, mean = 18,1 years). Ali athletes competed for the Volley-Ball Team of the "Serra Negra Esporte Clube" from the São Paulo state. Based on the statistical analysis of the data, wich consisted of means, standard deviation and Tukey HSD post-hoc tests and observing the significance levei of 0.05 (5%), it was possible to conclude that the young athletes submmited during the initial períod of training (A) to a concentrated strength training load of notable volume, constituted by exercises of general and special preparation, presented a positive or negative change on their performance capacity. This changes were observed in different levels of intensity and duration, follwed by an increase or not of these indices to an upper levei, after the decrease of the volume of load, obeying a characteristic of the age group, different from the model observed in high levei athletes. Also, it was observed that the extent of the EPDT on the B and C periods, respectively, pre-competition and competition periods, was closely related to the size of the change in homeostasys observed on period A. In regards to the"infanto-juvenil" group, the moderate positive change of long duration on the homeostasys (APMLD) showed the highest efficacy in relation to the size of manifestation of EPDT of maximal velocity, whereas the deep positive changes of long duration (APPLD) and the moderate positive change of long duration (APMLD) showed the highest efficacy in relation to the size of manifestation of EPDT of explosive and velocity strength. In regards to the "juvenil" group, the deep positive change of long duration (APPLD) showed the highest efficacy in relation to the size of manifestation of EPDT of explosive and velocity strength, whereas that the moderarte positive change of long duration on the homeostasys (APMLD) showed the highest efficacy in relation to the size of manifestation of EPDT of maximal velocity. It can be concluded that the control of changes in homeostasys and its relation with the EPDT, constitute a new methodological approach, fundamental for the better control of trai1ling loads in yooog athletes
Subject: Voleibol
Educação física e treinamento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citationo: OLIVEIRA, Paulo Roberto de. O efeito posterior duradouro de treinamento (EPDT) das cargas concentradas de força: investigação a partir de ensaio com equipe infanto juvenil e juvenil de voleibol. 1998. 187f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica, Campinas, [SP. Disponível em: <http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000129084>. Acesso em: 3 abr. 2017.
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FEF - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira, Paulo Roberto de.pdf7.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.