Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/274891
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Brincar : uma opção para a interação entre mãe ouvinte/filho surdo
Author: Rossi, Tereza Ribeiro de Freitas, 1956-
Advisor: Duarte, Edilson
Duarte, Edison, 1955-
Abstract: Resumo: Este estudo teve por objetivo descrever e discutir as maneiras pelas quais a díade, mãe ouvinte/filha surda constroem a dinâmica do brincar. O mesmo foi realizado num período de O1 ano e 05 meses, com duas díades, mãe ouvinte/filha surda no Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação (Cepre) da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) na Universidade Estadual de Campinas. A partir de estudos anteriores, observamos as dificuldades enfrentadas por pais ouvintes nas suas interações com o filho surdo. Acreditamos que por meio do brincar haverá maior aproximação entre mãe ouvinte/filho surdo, já que o brincar é a linguagem Universal das crianças. O uso de sinais realizados na rotina diária teve uma "função facilitadora", permitindo ás mães perceberem as reais possibilidades de desenvolvimento de seu filho surdo. As mães tiveram, semanalmente, aulas de língua de sinais com um surdo fluente em LIBRAS (língua brasileira de sinais). Receberam orientação semanal da fonoaudióloga para estimular o filho surdo no dia a dia. A coleta de dados teve início quando as crianças tinham 2 anos de idade, e as mães foram instruídas a brincar livremente com a filha surda, escolhendo os brinquedos a partir de uma seleção pré-estabelecida. As sessões foram filmadas mensalmente e analisadas de acordo com a: escolha do brinquedo, organização da brincadeira, motivação, compreensão da brincadeira e comunicação. Os resultados nos indicam o quanto foi importante o papel de cada mãe para promover a compreensão, manter a motivação, estabelecer a comunicação com a filha surda. Este estudo indicou que apesar da diferenças no estilo de brincar de cada mãe e a interação com a filha surda, ambas, as crianças demonstraram desenvolvimento geral compatível com a idade. Esta pesquisa sugere que, mais importante que a escolha do brinquedo é a postura da mãe frente ao brincar. As brincadeiras foram fontes de estímulos para ampliar o repertório do brincar, partindo da exploração sensorial até a formulação de regras

Abstract: The aim of this study was to describe and diseuss the ways in which the hearing mother and deaf child dyad construct a dynamic in terms of play. This study was done over a one year and five month period with two deaf children hearing mother dyads, at the Center for Research and Rehabilitation Gabriel S. Porto (Cepre) at the School of Medical Sciences (FCM) of the State University of Campinas (Unicamp). From ealier studies, we had observed the difficulties hearing parents faced in interactions with their deaf child. We believe that, through play, hearing mother and deaf child can relate more c1osely to each other, since play is a universal language for children. Using sign during play and routine activities facilitates communicative interaction, so as to permit mothers to perceive the true developmental possibilities of their deaf child. The mothers had weekly sign language lessons with a deaf instructor fluent in Brazilian Sign Language (LIBRAS). They received weekly orientation from the speech and hearing pathologist on stimulating their child in daily living. Data collection began at two years of age; and mothers were instructed to play freely with their deaf child, choosing from a selection of toys. The sessions were filmed monthly, and analyzed according to: choice of game, organization of play, motivation, comprehension of the game and communication. The results indicate how important each mother' s role was for enhancing comprehension, maintaining child motivation and communication. This study indicated that despite differenees in each mother' s personal style of play and interaction with her deaf child, both children demonstrated overall age compatible development. This study suggests that, more important than choice of toy, is the mother' s proposal for keeping the child interested in the game. The games were a source of stimulation for enhancing play repertoire from inicial sensory exploration to the formulation of roles
Subject: Surdez
Família
Jogos
Linguagem por sinais
Surdos - Meios de comunicação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ROSSI, Tereza Ribeiro de Freitas. Brincar: uma opção para a interação entre mãe ouvinte/filho surdo. 2000. 157p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação Fisica, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/274891>. Acesso em: 27 jul. 2018.
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rossi_TerezaRibeirodeFreitas_D.pdf4.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.