Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253150
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Trabalho, educação e identidade : problematizando a formação e a pratica do medico do Programa de Saude da Familia
Author: Matias, Maria Cristina Moreno
Advisor: Heloani, José Roberto Montes, 1956-
Heloani, Jose Roberto
Abstract: Resumo: Este estudo compreende a identidade como um processo em contínuo desenvolvimento e tem o objetivo de investigar o processo de formação de identidade do médico do Programa de Saúde da Família. A pesquisa iniciou com o relato de profissionais da área de saúde que descreveram o seu cotidiano de trabalho e enfocaram: a organização do trabalho; o controle; a percepção de si e dos outros; as relações de poder, entre outros aspectos. A análise destes relatos possibilitou a escolha de dez médicos do Programa de Saúde da Família dos quais optamos por analisar sete com o propósito de conhecer as suas expectativas e experiências de vida e verificar a existência de típicos "médicos da família". Posteriormente, dos relatos obtidos, optamos por selecionar dois depoentes com o objetivo de analisar o processo de formação de identidade, visto que reuniam características sintetizadoras dos outros médicos, o que possibilitaria identificar os personagens da identidade-mito do médico da família. A narrativa destes depoentes caracterizaram duas tendências: uma refere-se ao médico que internaliza e vive o papel social cristalizado do médico e a outra refere-se ao médico que tem possibilidades de desenvolver uma identidade emancipada dos papéis sociais. Na análise dos relatos verificamos que a família, a escola e o trabalho contribuíram ora facilitando, ora impedindo a possibilidade de reflexão e crítica dos papéis sociais e de reestruturação destes papéis pela ação dos indivíduos. As narrativas dos médicos mostraram que por meio de práticas críticas, eles podem desenvolver a reflexão em busca de uma identidade em emancipação

Abstract: This study comprises identity as a process under continuous development and aims at investigating the identity formation process of the medical doctor involved in the Family Health Program. The research started with the report of professionals in the health area who described their daily work routine and focused on the following aspects: work organization; control; perception of oneself and of others; power relationships; amongst others. The analysis of such reports made it possible for the selection of ten doctors involved in the Family Health program, of which seven were chosen with the purpose of our getting to know their expectations and life experience, besides verifying the existence of typical "family doctors". Further, out of the reports obtained, we decided to select two interviewees in order to analyze the process of identity formation, since they had the other doctors' synthesizing characteristics, which would favor the identification of the characters of the family doctor's myth-identity. The narrative of such interviewees characterized two tendencies: one refers to the doctor who internalizes and lives the doctor's crystallized social role, and the other refers to the doctor who has the possibility to develop an identity freed from social roles. In analyzing the reports, we verified that family, school, and work contributed either facilitating or hindering the possibility of reflection and criticism of the social roles as well as the restructuring of such roles by the individuals' actions. The doctors' narratives showed that, by means of critical practices, they can develop reflection in search of an identity being emancipated.
Subject: Médicos - Formação profissional
Trabalho
Identidade
Família
Saúde
Políticas públicas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MATIAS, Maria Cristina Moreno. Trabalho, educação e identidade: problematizando a formação e a pratica do medico do Programa de Saude da Familia. 2003. 216p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/253150>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Matias_MariaCristinaMoreno_D.pdf9.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.